Categorias
Blog do Enio

Um ano

Chegamos então no aniversário de 1 ano de posts de segunda a sexta, sem parar, sem faltar nenhum dia, nem feriado, nem férias. Antes, fazia posts semanais. Com as mudanças de servidor e hospedagem, fiquei um tempo sem postar e decidi me comprometer a partir de 1º de setembro a postar alguma coisa de segunda a sexta.

Nós só nos damos conta que alguma coisa está tendo alguma frequência e que pode estar ficando grande quando os números redondos chegam. O primeiro passo foi começar. Em janeiro, veio o post 100. Em junho, o post 200. Em outubro deve sair o número 300. Quando esses números apareçam, a motivação de manter a constância aumenta.

A única coisa que eu lamento disso tudo é que dia 01/09/2015 tenha caído em uma terça-feira. Deste modo, nunca um número redondo vai cair na sexta, mas sim na segunda. Seria legal que tudo tivesse começado em uma segunda, já que tudo começa na segunda. Pensando por outro lado, começar em uma terça é algo diferente. O importante (mais para mim do que para quem lê) é que estamos aí, postando todo dia há um ano.

Categorias
Geral

O dia dois

Bolo de prestígio especial. SENSACIONAL

No sábado, estava de aniversário. Este ano, programei as coisas para ter uma alimentação bem desregrada, de forma contínua. Olhando agora, foi até um pouco exagerado ter pedido os salgadinhos também no sábado. Foi mais ou menos assim: docinhos e salgadinhos sexta no trabalho. Churrascaria, docinhos, salgadinhos, bolo e pizza no sábado. No domingo teve o que sobrou. E nos dias seguintes também. Os salgadinho terminaram no domingo. Os docinhos e o bolo ainda estão rendendo.

Toda essa comilança impactou no peso já na sexta-feira. Não fiquei gordo, mas fiquei mais pesado. Dos 76 em média subiu para 80. Coisa linda. Esperava um aumento, mas não achei que chegaria aos 80. Não me assustei tanto, já que sei que durante a semana o peso vai voltar ao normal. O que notei é que salgadinhos me afetam mais do que os docinhos. Parece que meu corpo se dá menos mal com açúcar do que com farinha. Talvez porque meus doces quase sempre se resumem em algo com chocolate. Destes dois dias comendo bastante, o exagero maior foi na sexta, no trabalho.

Comi mais do que deveria. Exagerei nos salgadinhos e docinhos. Fiquei bem estufado. No sábado ainda me controlei. Na churrascaria fui contido. Comi bem, mas sem exageros. Mais à tarde, comi bolo, salgadinhos e docinhos, mas pouca coisa. Só que comi sem fome e daí a barriga foi enchendo. Em uma situação normal, não precisaria comer mais nada. Mas ainda havia a pizzaria. E lá fui eu. A vantagem de já ter o estômago bem forrado foi ter comida bem menos pizza do que o normal. O ponto positivo dessa farra gastronômica toda foi que só bebi água em todos os lugares.

O que isso tem a ver com a corrida? Pensem em correr carregando um peso de 2 kg em cada pé, por exemplo. A corrida não rende tanto. Já sabia que teria esse tipo de problema. É só manter o ritmo de alimentação normal e de treinos que as coisas voltam ao seu lugar. Quando os docinhos e o bolo terminarem de vez vai ficar ainda melhor.

Seguem algumas fotos do que aconteceu nos dias 1º e 2 de abril:

Salgadinhos de sexta
Docinhos de sexta
Carne de sábado
Carne de sábado
Salgadinhos e docinhos de sábado
Pizza no sábado à noite