Categorias
Geral

PFC Extra 15 – Maratonas no Brasil

Nesta edição do podcast fora do podcast, falamos sobre as maratonas no Brasil, datas que coincidem, corridas que mudam de data, da Maratona Beto Carrero e muito mais.

Escute e divirta-se!!!

[powerpress]

Deixe seu comentário sobre esta edição.

Envie uma mensagem. A sua opinião é muito importante para nós.

Conte-nos de qual cidade você é e há quanto tempo corre.

Sugestão de pauta, relatos de prova, dicas, dúvidas, perguntas ou um simples “oi” são sempre bem-vindos.

Compartilhe suas fotos no Instagram com as hashtags abaixo e tenha seu nome lido no podcast.

#porfalaremcorrida
#euescutopfc
#pacebosta
#guerreirospfc


PADRINHOS/MADRINHAS DO POR FALAR EM CORRIDA

Cynthia Aires
Eduardo Masuda
Eric Ito
Família Nery
Fernando Loner
Lorna da Silva
Luiz Fernando de Oliveira
Marcelo de Oliveira
Marcos Cruz
Natan Alcantara
Regis Chachamovich
Renata Mendes
Roberta Pereira
Washington Lins

SEJA PADRINHO/MADRINHA DO POR FALAR EM CORRIDA


CONHEÇA O POR FALAR EM CORRIDA
Informação com diversão e bom humor

Podcast
YouTube

Instagram
Facebook
iTunes
SACo (envie sua mensagem)
Feed do podcast
Loja do Por Falar em Corrida
Grupo do Por Falar em Corrida no Strava
Blog do Enio
Blog do Guilherme
Todas as edições
Formas de escutar o podcast


Quer falar com o Por Falar em Corrida? Envie sua mensagem ou áudio para o nosso e-mail
[email protected]

As mensagens também podem ser enviadas através do SACo
ENCHA O NOSSO SACO!

Se preferir, envie um áudio pelo WhatsApp
48 99187-9316

SEJA PADRINHO/MADRINHA DO POR FALAR EM CORRIDA
Contribua com o nosso projeto e ajude a manter o Por Falar em Corrida ativo
Este conteúdo será sempre gratuito, mas com a sua ajuda fica muito mais fácil

Encomende a camiseta do Por Falar em Corrida
Se não tem o seu tamanho, avise-nos que em breve devemos ter novas camisetas

Loja do Por Falar em Corrida
Na nossa humilde lojinha, você pode encomendar diversos produtos.

Inscreva-se no canal do POR FALAR EM CORRIDA no YouTube
Acompanhe todas as nossas aventuras também em vídeo

Deixe sua avaliação e comentários no iTunes e ajude na divulgação do podcast Por Falar em Corrida
Sua avaliação é muito importante para nós. Com ela, figuraremos sempre na lista dos podcasts populares e um dia ficaremos na frente dos podcasts sobre futebol


PFC Extra 15 – Maratonas no Brasil YouTube:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=PcrOVLpjHB8[/embedyt]

 

Categorias
Podcast PFC

PFC 153 – Marathon Maniacs

marathon maniacsNesta edição, falamos dos maníacos por maratona. Você sabia que existe realmente um clube que reúne os loucos que gostam de correr maratonas seguidas? Sim, existe. É o Marathon Maniacs, que tem diversos níveis para quem quer fazer parte deste clube. Nosso convidado é o Rodrigo Lucchesi, que também faz parte do grupo depois de correr duas maratonas em 15 dias.

[powerpress]

Participantes: Enio Augusto e Guilherme Preto

Rodrigo Lucchesi:

Link da edição:

Esta edição é um oferecimento de BABA CALANGO CONFECÇÕES

Assista à edição 153 – Marathon Maniacs no YouTube:

Categorias
Geral

A maratona que não vou

maratonaEste ano, mesmo que estivesse bem e em forma, correndo frequentemente, a maratona não estava nos planos. Ainda quero melhorar e ser constante na meia para tentar uma maratona legal. O objetivo de vida na maratona, o sonho, é sub 3h30 e atualmente isso não é nem perto de possível. Quero fazer ainda alguns sub 1h45 ou 1h40 na meia para começar a pensar de novo em correr os 42.195 metros.

O que não significa que se eu ganhasse ou conseguisse inscrição em uma dessas grandes maratonas iria ignorar. Talvez fosse até a chave e o incentivo para treinar e tentar alguma coisa. Fazer maratona só por fazer, para dizer que completei, não é o que me atrai. Se eu for, preciso de um objetivo de tempo. O mínimo é sub 4h e só de pensar no treinamento dá preguiça. Percebe-se, pois, que a maratona não parece nada provável.

Dito isso, sabem o que aconteceu? Participei de uma promoção da revista Contra-Relógio e ganhei uma inscrição para a Maratona do Rio de Janeiro, que acontece no próximo dia 29 de maio. Foi a primeira maratona que fiz fora de Santa Catarina, a segunda da vida, lá em 2012. Tenho planos de voltar e correr melhor algum dia em terras cariocas, mas não esperava que a oportunidade viesse de repente e muito tempo depois das inscrições acabarem.

Quando as inscrições abriram no começo do ano, pensei em me inscrever para a maratona ou talvez a meia, mas as dúvidas do joelho me fizeram adiar. Nesse adiamento, acabaram as inscrições. Decidiram por mim que eu não iria. Tudo bem. Aí, apareceu essa promoção, participei e ganhei a inscrição. Aliás, eu e o Eduardo Hanada ganhamos. Pena que foi tão em cima que nenhum dos dois vai poder ir.

No meu caso, além de estar sem treino adequado nem para 21 km, tem outro motivo, relacionado com o post de ontem: bem no dia 29 de maio tem o concurso mais importante do ano, para o qual venho estudando (ou tentando) desde janeiro. Logo, mesmo que estivesse com os treinos em dia, não ia ser dessa vez que iria para a voltar ao Rio de Janeiro. Quando vou ganhar outra promoção dessa? Difícil dizer, mas parece ser muito improvável.

Para vocês verem que até quando tenho sorte tenho azar. Tem um feriadão antes da prova e poderia ir para o Rio já na quarta-feira. Mesmo que não corresse a maratona, poderia, sei lá, fazer metade, ou passear na cidade. Enfim, um monte de coisa que não vai acontecer. A Maratona do Rio de Janeiro é a maratona que não vou correr este ano. Pelo menos, o kit eu garanti. Estou inscrito. Correr, no entanto, fica para uma outra oportunidade.

Categorias
Podcast PFC

PFC 102 – Maiores Maratonas de 2014

[powerpress]

A cada ano que passa, o aumento de concluintes em maratonas continua. O relatório anual de maratonas da Running USA referente ao ano de 2014 mostra um recorde no número de concluintes, 550.637, quase 10 mil a mais que os 541.000 de 2013. Houve também um recorde de mais de 1.200 maratonas realizadas em 2014. Comentamos sobre o aumento do número de maratonistas nos Estados Unidos no PFC 97 e nesta edição trazemos as maratonas com mais concluintes em 2014.

Participantes: Enio Augusto, Guilherme Preto, Nilton Generini e Mauricio Geronasso.

Posts mencionados na edição:

Notícias mencionadas na edição:

  • Ironman 2016 é confirmado em Florianópolis
  • Gelete Burka faz a melhor marca do ano nos 10.000 metros femininos
  • Jogos Pan-Americanos 2015 começa dia 10 de julho em Toronto no Canadá

Corridas mencionadas na edição:

Assista à edição 102 no YouTube:

Onde encontrar o Por Falar em Corrida:

Escute o Por Falar em Corrida:

Categorias
Geral

10 maratonas para correr nos Estados Unidos

eugene2Você quer correr uma maratona nos Estados Unidos, mas quer alguma outra opção além das Majors? A Runner’s World separou 10 maratonas que eles indicam para quem deseja correr os 42.195 metros na terra do Tio Sam. Na lista, está a Maratona de Nova York, mas essa está em todas as listas. No entanto, as outras 9 opções podem ser consideradas se você procura algo diferente e não tão conhecido.

Matéria original: Runner’s World

Categorias
Notícias

Recorde de mais maratonas em um ano

LarryMaconQuantas maratonas você consegue correr no período de um ano? Pela quarta vez, Larry Macon, de 69 anos, quebrou o recorde mundial de maratonas feitas em um ano, com 239 maratonas em 2013, de acordo com o site do Guinness World Record. São mais de 10 mil quilômetros em um período de 12 meses, entre 01/12/12 e 30/11/2013. Larry Macon é um advogado de San Antonio e começou a correr maratonas em 1996.

Em 2008, ele completou 105 maratonas para conseguir seu primeiro recorde no Guinness como quem mais correu maratona em um ano. Dois anos depois, ele correu 113 maratonas em 2012 e em 2012 correu 157 maratonas para fazer o recorde pela terceira vez. Larry conta que “a parte mais difícil é viajar de um lugar para o outro, fazer conexões e ficar de 2 a 3 dias sem dormir”. Para ele, “uma vez que você começa a praticar corrida, você sempre pode correr, andar ou engatinhar para concluir os 42.195 metros da maratona.

Dois outros corredores (Trent Morrow e Annette Fredskov) tentaram quebrar o recorde de Larry em 2013, mas não conseguiram. Trent Morrow correu 161 maratonas para bater o recorde de 2012 e Annette Fredskov correu 366 maratonas, mas não eram provas oficiais. Larry contou que correu 255 maratonas durante o ano de 2013, o que já pode lhe dar o recorde novamente. O Guinness considera como ano um período de 365 dias, desconsiderando o ano como é no calendário.

Na página do Guinness alguém comentou perguntando por que alguém faria isso? A resposta parece simples: aquele desejo súbito e incontido de ter um recorde com o seu nome, seja qual for, mesmo que não parece nada saudável e indicado para ninguém. É um recorde que vale pela curiosidade e ainda por ter sido feito por alguém com 69 anos. E só.

Link da notícia:
Runner’s World

Categorias
Geral

O que Wilson Kipsang falou para Lelisa Desisa?

Quem acompanhou a Maratona de Nova York, percebeu que houve um momento em que Wilson Kipsang e Lelila Desisa estavam lado a lado e, inclusive, se tocaram. Imediatamente, Kipsang olhou para o lado e falou alguma coisa para Desisa. Muitos se perguntaram o que ele teria falado.

Hoje, através de seu Twitter e Site, Kipsang respondeu. Entre tantas coisas que poderíamos imaginar, ele falou um simples “WHAT’S THE PROBLEM?”. Em bom português, “QUALÉOPROBLEMA?”. No vídeo abaixo, a partir de 1:47 é possível ver o momento em os dois corredores estiveram lado a lado e foi proferida a já famosa frase de Kipsang.

Categorias
Geral

Corridas com maiores premiações

Quais são as corridas com maiores premiações para os vencedores? Quem paga mais? E quem mais recebeu esses prêmios? A Runner’s World fez um levantamento para responder essas perguntas. Os valores incluem apenas as premiações e não levam em consideração aparições, prêmios por desempenho ou bônus dos patrocinadores. Nesse levantamento, podemos perceber que as 11 maiores premiações em corridas pagas aos campeões são de maratonas. Segue a lista:

  1. Maratona de Dubai – $ 200.000
  2. Maratona de Boston – $150.000
  3. Maratona de Chicago – $ 100.000
  4. Maratona de Nova York – $100.000
  5. Maratona de Seul – $ 80.000
  6. Maratona de Tóquio – $ 74.650
  7. Maratona de Hong Kong – $ 65.000
  8. Maratona de Londres – $ 55.000
  9. Maratona de Berlim – $ 50.646
  10. Maratona de Istambul – $ 50.000
  11. Maratona de Cingapura – $ 50.000

No entanto, levando em conta outras bonificações, como quebra do recorde de percurso e recorde mundial, esses valores podem aumentar. Assim, Dubai não é necessariamente a corrida que paga mais. Na Maratona de Seul há ainda diferença entre os prêmios pagos para homens e mulheres nessas quebras de recorde. Um homem que bater o recorde mundial vai receber $ 200.000,00 a mais que uma mulher. A World’s Best 10K, em Porto Rico, é a única prova da lista que não é uma maratona:

  1. Maratona de Seul (homens) – $ 580.000
  2. Maratona de Seul (mulheres) – $ 380.000
  3. Maratona de Tóquio – $ 382,572
  4. Maratona de Londres – $ 305.000
  5. Maratona de Dubai – $ 300.000
  6. Maratona de Boston – $ 225.000
  7. Maratona de Istambul – $ 200.000
  8. Maratona de Chicago – $ 175.000
  9. Maratona de Nova York – $ 160.000
  10. Maratona de Berlim – R$ 151.945
  11. World’s Best 10K – $ 125.000

Ainda temos as corridas que também tem premiação até o 5º colocado. A lista a seguir contém a soma dos valores das premiações distribuídas do 2º ao 5º lugar:

  1. Maratona de Boston – $ 150.000
  2. Maratona de Dubai – $ 152.000
  3. Maratona de Nova York – $ 140.000
  4. Maratona de Chicago – $ 100.000
  5. Maratona de Londres – $ 77.500
  6. Maratona de Seul – $ 77.000
  7. Maratona de Tóquio – 72.317
  8. Maratona de Berlim – $ 72.171
  9. Maratona de Hong Kong – $ 61.000
  10. Maratona de Istambul – $ 58.000

Com todos essas premiações, quem será que mais ganhou? Haile Gebrselassie e Paula Radcliffe, que estabeleceram recordes mundiais e tiveram carreiras longas, estão no topo da lista. A lista está atualizada até 29/10/2014 e apresenta, sem surpresas, baseada nas premiações listadas acima, que quase todos são ou foram principalmente maratonistas:

Homens

  1. Haile Gebrselassie – $ 3.548.398
  2. Samuel Wanjiru – $ 1.886.000
  3. Kenenisa Bekele – $ 1.625.938
  4. Tsegaye Kebede – $ 1.617..020
  5. Martin Lel – $ 1.491.630
  6. Emanuel Mutai – $ 1.463.454
  7. Robert Cheruiyot – $ 1.362.381
  8. Geoffrey Mutai – $ 1.338.920
  9. Paul Tergat – 1.301.090
  10. Khalid Khannouchi – $ 1.280.620

Mulheres

  1. Paula Radcliffe – $ 2.236.415
  2. Irina Mikitenko – $ 2.038.595
  3. Catherine Ndereba – $ 1.795.284
  4. Rita Jeptoo – $ 1.588.024
  5. Edna Kiplagat – $ 1.482.336
  6. Lornah Kiplagat – $ 1.447.910
  7. Gete Wami – $ 1.438.280
  8. Mary Keitany – $ 1.423.015
  9. Gabriela Szabo – $ 1.344.955
  10. Berhane Adere – $ 1.259.395

Post traduzido. Link original:
http://www.runnersworld.com/races/runnings-most-lucrative-road-races-biggest-earners

Categorias
Geral

Maratona que cruza três países da Europa

maratonatrespaises

Com total imparcialidade, trazemos esta notícia muito mais por causa dessa maratona que cruza três países da Europa do que pelo clube de futebol. Aliás, é uma prova bem interessante que pode figurar facilmente na lista de desejos de todo corredor. Não é todo dia que uma maratona cruza três países.

No último dia 05 de outubro, o gremista Marcelo Nalin, da cidade de Veranópolis, na Serra Gaúcha, representou o Grêmio na Sparkasse-Marathon der 3 Länder am Bodensee, única prova de corrida do mundo que cruza três países. A prova é uma Maratona (42,195 km), com largada na Ilha medieval de Lindau (Alemanha), passando por Bregenz (Áustria) e St. Margrethen (Suiça), retornando para a chegada na cidade de Bregenz (Áustria), tudo isso contornando o Lago de Constança (Bodensee).

Cerca de 10 mil pessoas em várias modalidades completaram a prova, sendo ovacionados pela população local com gritos de incentivo e apoio durante todo o percurso. O corredor gremista foi o primeiro colocado entre os dez brasileiros que participaram da prova.

Link da notícia:
http://www.gremio.net/news/view.aspx?id=17908

Site da prova:
http://www.sparkasse-marathon.at/en/home/

Categorias
Podcast PFC

PFC 68 – Mizuno Uphill Marathon

PFC-68[powerpress]

Nesta edição 68 do Por Falar em Corrida conversamos com dois maratonistas que enfrentaram o desafio da Mizuno Uphill Marathon que aconteceu este mês na Serra Catarinense. Um evento cheio de dificuldades e boas histórias. Saiba tudo que aconteceu contado por quem viveu e sobreviveu a essa maratona. Participação especial de Alexandre Aguiar e Marcelo Eninger.

Fotos dos convidados do PFC 68 na Mizuno Uphill.

Marcelo Eninger na Mizuno Uphill
Marcelo Eninger – 10º colocado na Mizuno Uphill Marathon 2014 – 3:38h
Alexandre Aguiar na Mizuno Uphill Marathon
Alexandre Aguiar – 91º colocado na Mizuno Uphill Marathon 2014 – 4:32h

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos das camisetas e medalhas da prova:

IMG_0587 IMG_0589 IMG_0590 IMG_0594 IMG_0595