Categorias
Notícias

Recorde de mais maratonas em um ano

LarryMaconQuantas maratonas você consegue correr no período de um ano? Pela quarta vez, Larry Macon, de 69 anos, quebrou o recorde mundial de maratonas feitas em um ano, com 239 maratonas em 2013, de acordo com o site do Guinness World Record. São mais de 10 mil quilômetros em um período de 12 meses, entre 01/12/12 e 30/11/2013. Larry Macon é um advogado de San Antonio e começou a correr maratonas em 1996.

Em 2008, ele completou 105 maratonas para conseguir seu primeiro recorde no Guinness como quem mais correu maratona em um ano. Dois anos depois, ele correu 113 maratonas em 2012 e em 2012 correu 157 maratonas para fazer o recorde pela terceira vez. Larry conta que “a parte mais difícil é viajar de um lugar para o outro, fazer conexões e ficar de 2 a 3 dias sem dormir”. Para ele, “uma vez que você começa a praticar corrida, você sempre pode correr, andar ou engatinhar para concluir os 42.195 metros da maratona.

Dois outros corredores (Trent Morrow e Annette Fredskov) tentaram quebrar o recorde de Larry em 2013, mas não conseguiram. Trent Morrow correu 161 maratonas para bater o recorde de 2012 e Annette Fredskov correu 366 maratonas, mas não eram provas oficiais. Larry contou que correu 255 maratonas durante o ano de 2013, o que já pode lhe dar o recorde novamente. O Guinness considera como ano um período de 365 dias, desconsiderando o ano como é no calendário.

Na página do Guinness alguém comentou perguntando por que alguém faria isso? A resposta parece simples: aquele desejo súbito e incontido de ter um recorde com o seu nome, seja qual for, mesmo que não parece nada saudável e indicado para ninguém. É um recorde que vale pela curiosidade e ainda por ter sido feito por alguém com 69 anos. E só.

Link da notícia:
Runner’s World

Categorias
Geral

Recordes mundiais bizarros nas corridas

recordesbizarrosOs recordes mundiais puros podem ser o que mais nos lembramos, tal qual o recorde mundial da maratona que Dennis Kimetto estabeleceu em Berlim. No entanto, existe uma outra dimensão dos recordes mundiais, aqueles que nunca foram feitos antes e são devidamente certificados pelo Guinness World Records: os recordes mundiais bizarros. Tais recordes são perseguidos por quem não tem tanto talento para recordes mundiais “normais” e tem criatividade e determinação de sobra. Segue a lista:

Fantasia mais alta correndo uma maratona
John-Paul De Lacy podia ser visto a quilômetros de distância na Maratona de Londres 2010. Era impossível não notar aquilo que parecia um poste gigante, de dois andares, pulando pelas ruas de Londres. Aquele poste era o pescoço da girafa, feito com um tubo plástico. Já a cabeça foi feita com papel machê. Correndo pelo instituto Meningitis Now, De Lacy terminou a prova com a fantasia em 5:55. Não deve ter sido fácil, visto que o percurso da maratona tem alguns túneis e causavam pesadelos logísticos. De Lacy teve que rastejar em alguns deles, já que a fantasia era muito alta. A fantasia tinha 7,04 metros e pode ser vista na foto deste post.

Maratona mais rápida correndo para trás
Na Maratona de Beijing 2014, Xu Zhenjun, da China, correu o percurso inteiro para trás. Não, ele não correu da linha de chegada para a largada. Ele correu, como popularmente falamos, de costas e terminou a maratona em 3:43:39. Agora você já sabe o tempo que precisa fazer para bater esse recorde.

Meia maratona mais rápida com um bambolê
Betty Shurin, conhecido como Betty Hoops (arco/bambolê em inglês), correu a Meia Maratona de Hollywood 2012 em 3:03:48, dançando com o bambolê o percurso todo. Ela não tocou o aro e nunca deixou cair. Ela até parou algumas vezes para que o público apreciasse sua habilidade. Betty também tem o recorde dos 10 km com bambolê. Fez o tempo de 1:14 na BolderBoulder 2008.

Maior distância percorrida em 12 horas em uma esteira
Chris Solarz, um analista de fundos, foi ao Fitness Factory Health Club in Edgewater, Nova Jersey, no dia 18 de janeiro de 2014 para tentar seu sexto recorde no Guinness World Record. Ele ficou em uma esteira das 7 da manhã às 7 da noite. Completou a distância de 77,07 milhas, o que dá algo em torno de 123 km. Isso dá um ritmo de 5:51 min/km. EM UMA ESTEIRA. POR 12 HORAS. Para registro: um dos recorde de Chris é visitar todas as 468 estações de metrô de Nova York em menos de 23 horas.

Maratona mais rápida com uma bola de futebol
Na Maratona de Sydkyst 2013, na Dinamarca, Jan La Caille correu com uma bola nos pés e terminou a prova em 3:29:55. Não era simplesmente a bola no pé. Era a bola em movimento. Digamos que ele foi driblando todo mundo. Foi ainda melhor porque a maratona teve vários tipos de terreno, passando por ruas, estradas e até mesmo algumas partes com neve.

Maratona mais rápida carregando 60 pounds (27,27 kg)
Na Maratona de Tóquio 2013, o instrutor do exército Toru Sakurai carregou pouco mais de 27 quilos por todo o percurso, terminando a corrida em 4:39:09.

Maratona mais rápida descalço
Corredores que gostam de história certamente conhecem sobre esse feito de Abebe Bikila. Nos Jogos Olímpicos de 1960, em Roma, o etíope venceu a prova em 2:15:16, levando a medalha de ouro. Além do ouro, ganhou também o registro no Guiness World Record. Ao contrário dos outros recordistas listados acima, não houve nada enigmático neste recorde. Bikila se sentiu desconfortável com os tênis que tinha disponível e como treinava descalço na Etiópia, optou por correr descalço.

Post traduzido. Link original:
http://running.competitor.com/2014/11/junk-miles/7-bizarre-world-records-running_117394

Categorias
Podcast PFC

PFC 42 – Números Mágicos

[powerpress]

Nesta 42ª edição do POR FALAR EM CORRIDA:

ABERTURA;

CALENDÁRIO:
1ª Corrida Gomes da Costa (SC);
Meia Maratona Iguatemi Farol a Farol (BA);
Volta das Nações (MS);
M5K.

RELATOS DE CORRIDAS:
2ª Etapa Ultra Desafio 50 Milhas Série Morungaba (SP).

PAPO DE CORREDOR:
Números mágicos.

SPRINT FINAL;

POWERSONG:
Sweet Child O’ Mine – Guns N’ Roses.