5 lições do recorde de 50 km de Des Linden

Des Linden  teve a corrida de sua vida na terça-feira, 13/04/2021 , correndo 50 km em alucinantes 2:59:54 para quebrar o recorde mundial. Sua corrida chamou a atenção de corredores em todo o mundo e, embora não tenha sido televisionada ou transmitida, as pessoas em todos os lugares estavam grudadas no Twitter à espera de atualizações sobre seu progresso. A temporada de Linden foi incrível e será considerada uma das maiores performances (se não a melhor) de sua carreira. Haverá muito mais a ser dito sobre seu novo recorde nos próximos dias, semanas e até anos, mas por agora, aqui estão cinco lições principais de sua corrida.

O futuro é rápido 

Mesmo que Linden seja o único maratonista de elite que decida dar o salto para o ultras na próxima década, o futuro das ultramaratonas com certeza será rápido. Depois de seu resultado, porém, não deve ser uma grande surpresa se virmos mais campeões de maratona começando a se arriscar na distância de 50 km ou mais nos próximos anos. Para muitos profissionais, a maratona é o estágio final de suas carreiras e, depois de atingirem seu pico nos 42.195 metros eles se aposentam totalmente da corrida profissional. Linden pode ter apenas inspirado seus colegas a adiarem suas aposentadorias, e mergulhar em ultras como ela fez, e se for esse o caso, poderemos ver muitos outros recordes de ultramaratonas quebrados em um futuro próximo. 

A carreira de Linden está longe de terminar

Se houvesse alguém que duvidasse que Linden deveria jogar a toalha e se aposentar, ela definitivamente os silenciou com seu resultado de 50 km. A esta altura, sua carreira na maratona ainda está longe do fim, mas sua marca mostrou que, mesmo quando ela opta por se aposentar da maratona, ela tem um futuro brilhante pela frente na ultramaratona (se ela quiser seguir esse caminho). 

50 km realmente é a nova maratona 

Quando Linden anunciou pela primeira vez que iria tentar o recorde dos 50 km, ela tuitou que “50 km é a nova maratona”. Ela acabou acertando isso, porque basicamente correu os 50 km como se fosse uma maratona. Ela saiu rápido e nunca olhou para trás e passou os 42 km em 2:31:13. Desta vez, bem atrás de sua melhor marca na maratona de 2:22:38, mas ainda é um resultado de elite. Para fins de contexto, essas 2h31 colocariam Linden entre os 15 primeiros na história do Canadá e até mesmo entre os 75 melhores maratonistas americanos. Ela provou que pode correr os 50 km como faria em uma maratona, e esperamos vê-la (e, esperançosamente, outros maratonistas de elite) fazer isso novamente no futuro. 

Ultramaratona é divertido de assistir 

Muitos corredores já sabiam que as ultras eram divertidas de assistir, mas havia muita gente por aí que não acreditava nisso antes de terça-feira. A corrida de Linden, entretanto, atraiu milhares de espectadores, e eles nem mesmo puderam assistir a corrida ao vivo. Em vez disso, eles checavam o Twitter periodicamente para saber como ela estava. Linden provou que a ultramaratona atrai o espectador e vale a pena correr, e sua presença provavelmente ajudará a desenvolver o esporte nos próximos anos. 

Sempre há uma fresta de esperança 

O ano passado estava longe de ser o ideal para a Linden (e para todos os outros, na verdade). Ela começou o ano correndo para terminar em quarto lugar na seletiva da Maratona Olímpica dos Estados Unidos, perdendo uma vaga para os Jogos de Tóquio. Em seguida, ela voltou a se concentrar e voltou a se dedicar à corrida nas maratonas de Boston e Nova York, mas ambas foram canceladas devido ao COVID-19.

Teria sido fácil para ela deixar tudo isso afetá-la, mas, em vez disso, deu um passo para trás e encontrou uma maneira de tirar vantagem de sua agenda repentinamente aberta. Ela mudou de foco mais uma vez e se voltou para o recorde dos 50 km, e agora ela é a mulher mais rápida da história na distância. Quando as coisas não saem do seu jeito (o que deve acontecer com todos os corredores em algum momento), procure uma alternativa, porque Linden é a prova de que sempre há uma para ser encontrada.

MATÉRIA DA CANADIAN RUNNING MAGAZINE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.