PFC

Adílson Dolberth e Jéssica Pereira são campeões da Maratona Internacional de Floripa 2023 e estabelecem novos recordes da prova

A Maratona Internacional de Floripa tem seus grandes campeões da edição de 2023. O catarinense Adílson Dolberth e a mineira Jéssica Amanda Pereira venceram a prova de 42 km realizada na manhã deste domingo (27) em Florianópolis e, ainda, estabeleceram novos recordes da prova. Maior corrida de rua de Santa Catarina e entre as maiores maratonas realizadas no Brasil, o evento esportivo reuniu mais de 15 mil atletas em três dias de corridas neste fim de semana na capital catarinense.

Depois das provas de 5 km, na noite de sexta-feira (25), e de 21 km, na manhã de sábado (26), o último dia de ação foi reservado à prova principal, com 42 km pelas principais vias de Florianópolis. O céu aberto e a temperatura fria fizeram um domingo de gala para os maratonistas. O percurso da Maratona Internacional de Floripa passou pelas pontes de acesso e saída da ilha, trechos de Beira-Mar Continental e Via Expressa Sul e por toda a totalidade da Avenida Beira-Mar Norte. Os mais rápidos foram Adílson Dolberth, atleta de Blumenau (SC), e Jéssica Amanda Pereira, de Belo Horizonte (MG). Os campeões da edição de 2023 quebraram os recordes da maratona e estabeleceram novas marcas do evento.

O primeiro atleta a encontrar a faixa na arena montada nas proximidades do Trapiche da Beira-Mar Norte foi Adílson Dolberth. O campeão da edição de 2019 repetiu o feito. Não apenas chegou na frente, como também marcou o recorde da prova. Em uma maratona disputada até os últimos metros, o atleta de Blumenau deixou o queniano Justin Mose Mogire para trás na reta final antes de estabelecer o tempo de 2h20m44, quase dois minutos a menos que o recorde estabelecido por ele há três anos.

“Em 2019 venci a prova. Este ano voltei a correr a maratona e não estava certo que conseguiria vencer novamente. A quebra de recorde foi pela disputa forte na frente. O Justin Mose é um queniano forte, e eu não conhecia ele. A qualquer momento poderia disparar. Correr em Florianópolis me deixa feliz, junto de tanta gente, com nascer do sol e com mar ao lado. São momentos que valem muito a pena. Tanto que as melhores provas de corrida do Brasil são em Floripa”, falou o maratonista de Blumenau.

Diferente da prova masculina, a maratona feminina começou a ser definida antes. Após pouco mais da metade do percurso de 42 km, Jéssica Amanda Pereira tomou a dianteira para chegar com vantagem na linha de chegada. A atleta mineira vibrou muito ao completar a prova. Isso porque conquistou o título da Maratona Internacional de Floripa 2023 e ainda marcou o melhor tempo de uma mulher na história do evento: 2h49m07.

“Estou muito feliz com o recorde, que eu não esperava. A temperatura durante a prova estava ótima para correr e a torcida presente na rua, na parte final do percurso, foi sensacional para o meu resultado. Eu amo correr no Sul, sou apaixonada por Florianópolis porque vejo tudo sempre muito azul. É a Ilha da Magia mesmo”, descreveu a campeã da prova feminina.

Além dos maiores troféus do evento, os campeões receberam a premiação de R$ 8 mil em dinheiro e mais um bônus de R$ 5 mil por quebra de recorde. O evento distribui um total de R$ 52,4 mil em premiação neste 2023, a maior da história do evento.

A Maratona Internacional de Floripa consolida sua posição entre as maiores corridas de rua do Brasil. Não apenas pelos 15 mil atletas, de todos os estados brasileiros e de países de cinco continentes do mundo. Nesta edição, o evento contou com cinco dias de programação. Na última quarta-feira (23) foi aberta a Casa da Maratona, espaço temático montado no Pátio Milano, na região central de Florianópolis. Além de entrega de kits, o local abrigou uma feira com mais de 20 expositores com as novidades do segmento de corrida. Da abertura ao último dia, no sábado (26), cerca de 35 mil visitantes passaram pelo local.

“Desde a primeira edição, em 2017, o evento cresce com naturalidade. Neste ano, estendemos a programação, com a inclusão da feira e por mais dias, e também com corridas em três distâncias divididos em três dias. Mais que evolução, essa ampliação foi realizada para poder atender bem os atletas, com número crescente a cada ano”, aponta Anderson Tonon, diretor do Grupo STC, responsável pela organização e realização da Maratona de Floripa 2023.

O evento do próximo ano está confirmado. A sexta edição da Maratona Internacional de Floripa está marcada para 25 de agosto de 2023. As inscrições para a prova de 42 km já estão abertas.

Campeões da sexta (25) e do sábado (26)

Antes de Adílson Dolberth e Jéssica Amanda Pereira serem consagrados como grandes campeões da Maratona Internacional de Floripa, outros atletas subiram ao degrau mais alto do pódio. Na noite de sexta-feira (25), na Beira-Mar Continental de Florianópolis, foi realizada a corrida noturna de 5 km. Os vencedores da rápida prova foram Sofia Gelatti, de São José (SC), e José Antônio Machado da Cunha, de Pelotas (RS).

No sábado (26) foi a vez dos 21 km da meia maratona. A concorrida prova, com grande número de inscritos, teve como vencedores Maicon Mancuso, de Passo Fundo (RS), e Luísa Giampaoli, de Pelotas (RS). A gaúcha estabeleceu o novo recorde da corrida de 21 km. Com o tempo de 1h19m32, ela superou a marca de 1h20m34, obtida em 2019 pela atleta Marjorie Barcelos.

Maior corrida de Santa Catarina

A Maratona Internacional de Floripa é a maior corrida de rua de Santa Catarina não apenas pela extensão da prova principal, com percurso aferido de 42.195 metros. A partir da primeira edição, em 2017, a Maratona Internacional de Floripa tem conquistado cada vez mais adeptos. Na estreia do evento, a participação foi superior aos 6 mil atletas. Ao longo dos anos, o número de inscritos só tem crescido. Em 2018, foram 8,6 mil corredores, e no ano seguinte, a marca ultrapassou a casa dos 10 mil.

Mesmo com a pausa de dois anos devido à pandemia, ganhou em quantidade de corredores a partir de sua retomada. Em 2022, foram cerca de 14 mil inscritos. Neste ano, o número de atletas foi de 15 mil. Além disso, o evento em Florianópolis envolveu mais de 450 pessoas nas mais diversas operações na Casa da Maratona e de suporte aos atletas antes, durante e depois das três provas.

A Maratona Internacional de Floripa 2023 teve o apoio de Dobro, Pátio Milano, Casan, DaColônia e Granado, contou com o apoio institucional da Prefeitura de Florianópolis, do Governo de Santa Catarina, ATC-SC e Abraceo (Associação dos Organizadores de Corrida de Rua e Esportes Outdoor) e foi homologada pela Federação Catarinense de Atletismo. A organização do evento tem a assinatura do Grupo STC.

Resultados da Maratona Internacional de Floripa 2023

42 km Geral Feminino

1. Jéssica Amanda Pereira, 2h49m07 (recorde da prova)
2. Fabrícia Stedille, 2h50m01
3. Marjorie Barcelos, 2h52m06
4. Adriana Sutil da Costa, 2h53m28
5. Valquiria Marques de Oliveira, 2h56m53

42 km Geral Masculino

1. Adílson Dolberth, 2h20m44 (recorde da prova)
2. Justin Mose Mogire, 2h20m56
3. Fábio Ramos dos Santos, 2h24m37
4. Antonio Luiz da Silva, 2h24m57
5. Gabriel Alvez Pozzo, 2h25m25

21 km Geral Feminino

1. Luísa Giampaoli, 1h19m32 (recorde da prova)
2. Raimunda Silva, 1h20m00
3. Noeli Viciton, 1h22m25
4. Janine Rodrigues de Oliveira, 1h22m32
5. Thalya Hillebrant, 1h23m16

21 km Geral Masculino 

1. Maicon Mancuso, 1h06m31
2. Emerson Rosa Oliveira, 1h06m48
3. Edson Emidio, 1h06m58
4. Lucas Alves Andrade, 1h07m17
5. Wilson Alves de Araújo Júnior, 1h07m25

5 km Geral Feminino

1. José Antônio Machado da Cunha, 15m38
2. João Pedro Amorim, 15m48
3. Adailton dos Santos, 16m02
4. Ojanio dos Santos, 16m12
5. Maycon Diego da Rosa, 16m13

5 km Geral Masculino

1. Sofia Gelatti, 18m43
2. Yasmin Nogueira Ferreira, 19m07
3. Chay Morais, 19m34
4. Simone Nascimento, 19m55
5. Wania Aparecida dos Reis Rezende, 23m23

Todas campeãs e campeões dos 42k da Maratona de Floripa

2023 – Jéssica Amanda Pereira (2h49m07 – recorde) e Adílson Dolberth (2h20m44 – recorde)

2022 – Janaína Santana (2:49:34) e Fabrício Pancada (2:24:44)

2019 – Janaína Santana (2:56:11) e Adilson Dolberth (2:22:32)

2018 – Ana Claudia Rodrigues (2:50:51) e Alessandro dos Santos (2:24:34)

2017 – Ana Claudia Rodrigues (2:57:22) e Alessandro dos Santos (2:34:16)

Foto: Guilherme Spengler/Maratona de Floripa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *