Adria Santos inaugura instituto que promove esporte e cidadania

Maior atleta paralímpica brasileira, com 13 medalhas conquistadas entre 1988 e 2008, Adria Santos inaugura nesta quinta-feira, 11 de agosto, o Instituto Adria Santos, um projeto que fomenta gratuitamente o esporte e a cidadania para crianças e adolescentes com idade entre seis e 12 anos, com e sem deficiência visual, estudantes de escolas municipais e estaduais de Joinville.

O Instituto Adria Santos foi concebido com o objetivo de transformar a realidade de crianças e adolescentes. A proposta é de promover a inclusão por meio do atletismo e do desenvolvimento de atividades lúdicas e educativas, além de promover a autonomia, o aprendizado pelo convívio em equipe, a valorização das diferenças e o respeito à diversidade. “Queremos atuar na formação de cidadãos que nos orgulhem em todos os âmbitos das suas vidas”, ressalta a velocista Adria Santos.

As aulas ocorrerão no contraturno escolar, de segunda a quinta-feira, com as atividades de atletismo na pista da Univille, no bairro Bom Retiro, em Joinville. Em dias de chuva, o ginásio de esportes abrigará os miniatletas. Crianças que tenham irmãos que vão participar das aulas, mesmo que tenham faixa etária diferente, poderão treinar no mesmo horário para facilitar a logística dos pais.

Uma história de conquistas

Radicada em Joinville desde 2003, Adria é mineira e começou a treinar quando tinha 13 anos, no Instituto São Rafael, em Belo Horizonte (MG), onde deu os primeiros passos na corrida. Chamou a atenção e logo foi encaminhada para clubes de alto rendimento e foi se desenvolvendo a ponto de começar a disputar campeonatos maiores. Aos 18 anos, perdeu completamente a visão, o que não a impediu de seguir no esporte e de se tornar referência.

Foi medalha de ouro pela primeira vez nos Jogos Paralímpicos de Barcelona, em 1992, na prova dos 100 metros rasos. Repetiu o primeiro lugar na mesma prova em Sidney-2000 e Atenas-2004. Sua outra medalha de ouro também foi na Austrália, mas na disputa dos 200 metros. As outras oito medalhas de prata e uma de bronze completam a galeria dos Jogos Paralímpicos e fazem de Ádria uma expoente do esporte no país.

Por que a escolha por Joinville

A explicação para a escolha de Joinville como sede do Instituto Adria Santos é simples. “Joinville sempre foi um celeiro e já revelou estrelas do atletismo nacional. Além disso, a cidade me recebeu com todo o carinho quando me mudei com a minha família. Sempre fui muito amada e respeitada aqui. Aprendi muito e quero transformar a realidade das crianças, para que elas possam levar os aprendizados aos seus e tornar nossa cidade ainda melhor para se viver e ainda mais cidadã”, explica a tetracampeã paralímpica.

Realização de um sonho

Para Adria, poder fazer algo para as crianças e multiplicar tudo o que aprendeu no esporte paralímpico é um sonho que agora está realizando. “Sempre quis demonstrar a minha metodologia de treinos, aliar o esporte à cidadania e à transformação da realidade. Felizmente, encontrei o Banco BV, um parceiro que tornou este sonho realidade. Eles confiam na força do esporte como elemento para fazer a diferença na vida das pessoas e para gerar valor para a sociedade”, ressalta a medalhista paralímpica.

O Instituto Adria Santos é um dos quatro novos projetos apoiados pelo Banco BV lançados em setembro do ano passado. Assim como o instituto da velocista, os projetos de Ítalo Ferreira, Diego Hypólito e Etiene Medeiros estão em fase inicial. “Sou a primeira atleta paralímpica a fazer parte do BV Esportes e ainda a primeira a trazer um projeto desta grandeza a Joinville, em Santa Catarina. Imaginem o meu orgulho. A criação do instituto é um primeiro passo da transformação que queremos realizar”, considera.

“Por meio do esporte conseguimos transformar muitas vidas nos últimos cinco anos. A presença do banco BV nos mostra a cada dia a importância de ter um trabalho realizado desde cedo. Agora chegamos a Joinville em parceria com a Adria Santos que, certamente, irá desenvolver um projeto com suas características e atenta ao desenvolvimento das crianças e jovens”, afirmou Tiago Soares, gerente executivo de Sustentabilidade e Patrocínios do Banco BV.

O Banco BV também segue ao lado de outros ícones do esporte brasileiro. Ana Moser (Instituto Esporte e Educação), Flavio Canto e David Moura (Instituto Reação), Marcelinho Machado (M4 nas Escolas), Serginho (Serginho10), Mauro Menezes (Instituto Próxima Geração), Diego Hypólito (Instituto Hypólito) e Bob Burnquist (Instituto Skate Cuida) também mantém institutos apoiados pela instituição.

Grandes nomes do skate nacional, como os atletas Pâmela Rosa, Yndiara Asp, Murilo Peres e Kelvin Hoefler, também têm o apoio do banco, que ainda patrocina eventos como o STU, entre outras competições no skate para atletas profissionais e amadores.

Sobre o Banco BV 

O Banco BV é uma das maiores instituições financeiras do país em ativos e atua nos segmentos de Varejo, Corporate & Investment Banking, Asset Management e Private Banking. Em sua estratégia reúne a solidez dos bancos tradicionais com o mindset dos digitais. O banco é líder e especialista no financiamento de veículos usados leves e a primeira instituição a neutralizar a emissão de poluentes dos veículos que financia. Conhecida pelas parcerias com startups, a instituição apresenta soluções inovadoras para o mercado. O Banco BV definiu seus compromissos com os pilares ambientais, sociais e de governança no documento público “Compromissos para um futuro mais leve 2030”.

SERVIÇO

O quê: inauguração do Instituto Adria Santos – evento para convidados

Quando: quinta-feira, 11 de agosto – dia do aniversário da Adria

Horário: 14h30

Onde: Centro de Convenções da Univille (Rua Paulo Malschitzki – Zona Industrial Norte, Joinville – SC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.