Adria Santos lança instituto e reforça importância do apoio às crianças no esporte

A data em que comemora seu aniversário, 11 de agosto, ficará marcada na memória de Adria Santos, a maior atleta paralímpica da história do Brasil, com 13 medalhas conquistadas entre 1988 e 2008. Neste dia, em 2022, ocorreu a inauguração do Instituto Adria Santos para ajudar crianças que desejam ingressar no esporte e que precisam do mesmo apoio que ela teve décadas atrás.

Com o lançamento do Instituto Adria Santos, realizado nesta quinta-feira, dia 11, a velocista conseguiu realizar um antigo desejo. “Poder fazer algo para as crianças e multiplicar tudo o que aprendi no esporte paralímpico é um sonho que tenho há anos”, explica.

Localizado dentro da UNIVILLE, em Joinville, cidade onde Adria mora desde 2003, o projeto tem apoio do banco BV e atenderá crianças de seis a 12 anos com e sem deficiência visual. Adria, que promete presença constante no instituto, perdeu completamente a visão aos 18 anos e sabe da importância de ter uma referência por perto.

“Esse contato diário é muito estimulante para os jovens. Eles precisam de estímulos para desenvolver suas aptidões não só no esporte, mas também na vida. Eu senti isso na pele e agora chegou a hora de devolver de alguma maneira”, reflete.

Quando tinha 13 anos, Adria ingressou no Instituto São Rafael, em Belo Horizonte (MG), onde deu os primeiros passos na corrida. Chamou tanta atenção que logo foi encaminhada para clubes de alto rendimento e foi se desenvolvendo a ponto de começar a disputar campeonatos maiores.

Foi medalha de ouro pela primeira vez nos Jogos Paralímpicos de Barcelona, em 1992, na prova dos 100 metros rasos. Repetiu o primeiro lugar na mesma prova em Sidney-2000 e Atenas-2004. Sua outra medalha de ouro também foi na Austrália, mas na disputa dos 200 metros. As outras oito medalhas de prata e uma de bronze completam a galeria dos Jogos Paralímpicos e fazem de Adria uma expoente do esporte no país.

“Projeto um futuro de muito sucesso do esporte paralímpico no Brasil. Já estamos vendo muito progresso e, agora, precisamos dar continuidade”, finaliza a ex-atleta.

O Instituto Adria Santos é um dos quatro novos projetos apoiados por BV lançados em setembro do ano passado. Assim como o instituto da velocista, os projetos de Ítalo Ferreira, Diego Hypólito e Etiene Medeiros estão em fase inicial.

“Por meio do esporte conseguimos transformar muitas vidas nos últimos cinco anos. A presença do banco BV no esporte nos mostra a cada dia a importância de ter um trabalho realizado desde cedo. Agora chegamos a Joinville em parceria com a Adria Santos que, certamente, irá desenvolver um projeto com suas características e atenta ao desenvolvimento das crianças e jovens”, afirmou Tiago Soares, gerente executivo de Sustentabilidade e Patrocínios do banco BV.

O banco BV também segue ao lado de outros ícones do esporte brasileiro. Ana Moser (Instituto Esporte e Educação), Flavio Canto e David Moura (Instituto Reação), Marcelinho Machado (M4 nas Escolas), Serginho (Serginho10), Mauro Menezes (Instituto Próxima Geração), Diego Hypólito (Instituto Hypólito) e Bob Burnquist (Instituto Skate Cuida) também mantém institutos apoiados pela instituição.

Grandes nomes do skate nacional, como os atletas Pâmela Rosa, Yndiara Asp, Murilo Peres e Kelvin Hoefler, também têm o apoio do banco, que ainda patrocina eventos como o STU, entre outras competições no skate para atletas profissionais e amadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.