Chepkurui e Matolo vencem a Maratona de Viena

A queniana Vibian Chepkurui manteve o título da Maratona da Cidade de Viena em um recorde de percurso, enquanto Cosmas Matolo Muteti correu o segundo tempo mais rápido do evento da World Athletics Label no domingo (24/04/22).

Chepkurui marcou 2:20:59 depois de uma batalha com sua compatriota Ruth Chebitok, enquanto Matolo correu 2:06:53 para vencer seu compatriota queniano Leonard Langat.

 

Na corrida feminina, Chepkurui se separou depois de oito quilômetros e teve uma vantagem de seis segundos na marca de 10 km. O ritmo diminuiu enquanto seu pacer lutava com um problema no tênis, mas ela passou a meia maratona em 1:10:38 com uma vantagem de nove segundos.

“Meu marido e pacer Wesley Kongogo teve um problema com seus tênis e ficou com uma bolha, então ele diminuiu um pouco”, explicou Chepkurui.

Enquanto isso, Chebitok estava diminuindo a diferença e estava logo atrás da vencedora de 2021 no 35 km. Mas determinada a defender com sucesso seu título, Chepkurui acelerou no último quilômetro e venceu em 2h20min59seg contra 2h21min03seg de Chebitok. Sua compatriota Sheila Jerotich foi a terceira com 2:23:01.

“É claro que estou muito feliz por ter vencido novamente em Viena”, acrescentou Chepkurui. “Quero voltar no próximo ano e então meu objetivo será melhorar para 2h18”.

 

O recorde do percurso de 2:05:41 nunca foi realmente ameaçado na corrida masculina e 17 corredores, incluindo os três pacers, passaram a meia maratona em 1:03:21 antes de registrar um tempo parcial nos 30 km de 1:30:12.

À medida que os marcapassos caíram, Oqbe Kibrom Ruesom, da Eritreia, foi para frente, mas Matolo começou a diminuir a diferença. Faltando cerca de 5 km, o queniano, que é parcialmente treinado pelo ex-recordista mundial da maratona Patrick Makau e foi quinto em Berlim em setembro passado, pegou Ruesom e depois se afastou dele.

Nas etapas finais, Langat passou para o segundo lugar e foi se aproximando do líder. Ele terminou em segundo lugar, seis segundos atrás, em 2:06:59, enquanto Ruesom foi terceiro em 2:07:25.

“Eu sabia que ele era forte. Mas decidi não ir com ele nos 30km e correr no meu próprio ritmo. Eu esperava diminuir a diferença lentamente”, disse Matolo ao perseguir Ruesom.

“Esta é a minha maior vitória”, acrescentou. “Espero ser capaz de defender meu título aqui no ano que vem e talvez quebrar o recorde do percurso”.

 

Resultados

Mulheres

1. Chepkirui, Vibian (KEN) – 2:20:59
2. Chebitok, Ruth (KEN) – 2:21:03
3. Jerotich, Sheila (KEN) – 2:23:01
4. Soboka, Urge (ETH) – 2:27:13
5. Kilel, Caroline (KEN) – 2:29:29
6. Yator, Viola (KEN) – 2:30:40
7. Omosa, Teresiah (KEN) – 2:31:44
8. Krsinar, Neja (SLO) – 2:35:30
9. Arias, Kellys (COL) – 2:38:28
10. Marame, Chaltu Fikadu (ETH) – 2:38:34

Homens

1. Muteti, Cosmas Matolo (KEN) – 2:06:53
2. Langat, Leonard Kipkoech (KEN) – 2:06:59
3. Kibrom, Oqbe (ERI) – :07:25
4. Ndiema, Charles Juma (KEN) – 2:08:12
5.Choge, Raymond (KEN) – 2:08:32
6. Soi, Edwin (KEN) – 2:09:10
7. Kipkemboi, Noah (KEN) – 2:09:55
8. Fufa, Abdi (ETH) – 2:10:32
9. Kipyatich, Abraham (KEN) – 2:10:51
10. Chesire, Mike (KEN) – 2:11:32

© VCM / Herbert Neubauer
© VCM / Herbert Neubauer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *