Circuito Rei e Rainha do Mar 2021 prepara desafios para as provas de corrida desta edição

Correr no asfalto e em terrenos planos já é um desafio, agora já imaginou encarar alguns quilômetros na área e em trilhas irregulares? Esses são alguns dos desafios que os inscritos nas provas de corrida podem esperar do Rei e Rainha do Mar 2021, edição que acontece nos dias 11 e 12 de setembro, em Cabo Frio, Rio de Janeiro. Promovida pela Effect Sport, com patrocínio da Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, via Lei de Incentivo do Estado, o evento acontece seguindo todas os protocolos de segurança vigentes. Os interessados em participar podem se inscrever pelo site oficial – reierainhadomar.com.br.

O diretor técnico do evento, Bernardo Tillmann, destaca pontos importantes dos percursos e afirma que as travessias das provas de corrida estarão emocionantes na praia do Peró. “O Trail Run, de 8km, não vai ter muita altimetria, mas vai ser super desafiador porque os participantes vão correr nas areias, nas dunas e vão conhecer os lençóis Cabo Frienses. Durante o percurso, terão alguns lagos de chuva, e os corredores podem se preparar para encontrarem uma surpresa super agradável e um percurso desafiador, passando por dentro de um dos lagos”.

Para o Beach Biathlon, Bernardo garante que o nível de dificuldade é médio e que os corredores podem se preparar para a areia fofa. Sobre os 2 e 5km do Beach Run, a beleza da Praia do Peró compensa todo o esforço da prova, segundo ele.

Nesta edição também haverá provas para as crianças, que podem se inscrever no circuito de corrida, na prova Kids Run. Os pequenos de 3 a 13 anos podem percorrer as distâncias de 50 a 600 metros, dependendo da idade e sempre acompanhados dos responsáveis.

Além das provas de corrida, o Rei e Rainha do Mar também conta com desafios de natação. Os protocolos de segurança do evento garantem toda a comodidade para os pequenos e seus responsáveis. Os pais que quiserem levar a família, têm uma promoção de 10% no valor das provas infantis. No Combo Família Real, aqueles que realizarem as inscrições juntos, ganham o desconto.

 

Sobre o Circuito Rei e Rainha do Mar

Em 2008, um atleta da seleção brasileira de águas abertas completou a nado o Desafio do Leme ao Pontal, um percurso de 35 km que é considerado uma das maiores travessias já realizadas no Brasil. Na ocasião, o nadador recebeu o título de “Rei do Mar”. No ano seguinte, nasceu o evento homônimo.

Inicialmente, o circuito contava com apenas duas provas: a Travessia, voltada para atletas amadores, e o Desafio, para os profissionais.

O evento ganhou força e visibilidade na comunidade mundial aquática e, em 2010, cruzou o oceano e fez sua primeira edição internacional em Portugal. Também neste ano, o Desafio Elite ganhou um dia exclusivo, com transmissão ao vivo na TV aberta, e o evento passou a receber as “rainhas” do mar, se tornando, então, o “Rei e Rainha do Mar”.

O circuito se adaptou e teve inúmeras provas de distâncias diferentes ao longo dos anos, mas foi em 2012 que o Rei e Rainha do Mar passou a ter provas de Beach Run e SUP, abrangendo não só os fãs de natação. Surgia aí o maior festival de esportes de praia do Brasil!

Grandes nomes da natação mundial passaram pelas nossas provas, como a norte-americana Haley Anderson, Vice Campeã Olímpica Londres 2012, o holandês Ferry Weertman, Campeão Olímpico Rio 2016, e a italiana Rachelle Bruni, Vice Campeã Olímpica Rio 2016.

Em 2015 e 2016, o evento viajou o país, passando pelas cidades de Florianópolis, Fortaleza, Ubatuba e Salvador. Já em 2017, o destaque foi para a última edição em dezembro, nas areias de Copacabana, com a aposentadoria da medalhista olímpica Poliana Okimoto no Desafio Elite. Poliana se despediu da natação ao lado de grandes atletas brasileiros, como Ana Marcela, Allan do Carmo e Léo de Deus.

Em 2018 o circuito voltou a percorrer o país, voltando nas cidades de Florianópolis, Salvador, Ubatuba e Rio de Janeiro. O RRM também desembarcou pela primeira vez em Brasília, recheada de novidades: foi a estreia da canoa havaiana na competição e também foi a primeira experiência em água doce, no Lago Paranoá.

No ano de 2019 o Circuito completou 10 anos com duas etapas na cidade onde tudo começou, no Rio de Janeiro. Em dezembro a prova foi patrocinada pela Shell e bateu o número de inscritos tendo quase todas as provas esgotadas.

Em 2020, o Rei e Rainha do Mar foi o único evento de águas abertas a ser realizado no mundo, seguindo todas as normas de segurança impostas pela pandemia da Covid-19. O evento reuniu cerca de dois mil atletas e rendeu a Pedro a indicação ao prêmio “Homem do Ano” da Associação Internacional de Águas Abertas (WOWSA).

 

Serviço:

Rei e Rainha do Mar
Data: 11 e 12 de setembro
Local / Horários:
Cabo Frio / Praia do Peró

SÁBADO 11 DE SETEMBRO

Super Challenge 10K (Travessia natação no mar)

DOMINGO 12 DE SETEMBRO

07:00 – Trail RUN 8k
07:30 – Beach Run 2k
07:45 – Beach Run 5k
08:15 – Beach Biathlon (1 k natação + 2 km corrida na areia)
09:00 – Sprint 1k
09:45 – Open 500 m
10:15 – Classic 2k (Travessia, o que quer dizer que o percurso começa e termina em pontos diferentes)
10:30 – Corrida Kids (3 e 4 anos 50 m; 5 a 7 anos 100 m; 8 a 10 anos 300 m; 11 a 13 anos 600 m)
10:40 – Challenge 4k (Travessia)
11:00 – Kids Natação (9 a 11 anos 200 m; 12 e 13 anos 400 m)

 

Site: www.reierainhadomar.com.br

Instagram: @reierainhadomar

Facebook: ReieRainhadoMar

E-mail de contato: [email protected]reirainhadomar.com.br

 

Protocolos de segurança:

– Alteração no layout da arena para garantir mais espaçamento entre os atletas e menos cruzamentos.

– Eliminação dos espaços de convivência como estandes de marcas parceiras, área de convidados e tendas de assessorias.

– Implementação de largadas faseadas, com menos atletas e em horários distintos de acordo com a faixa etária.

– Delimitação de um número máximo de atletas dentro da arena ao mesmo tempo.

– Medição da temperatura de todos, staffs e participantes, na entrada principal da arena.

– Distribuição de máscaras descartáveis para todos os atletas e a obrigatoriedade do uso da máscara dentro da arena.

– Todo staff de terra do evento com máscara e viseira de proteção, além de luvas (se necessário).

– Dispenser com álcool em gel nas entradas das diferentes áreas da arena.

– Staff destinado a evitar aglomerações na entrada da arena e na dispersão (pós-prova).

– Limpeza periódica de toda estrutura da arena.

– Disponibilização de lixeiras específicas para o descarte das máscaras, mantendo a preocupação com a coleta seletiva.

– Entrega da hidratação pós-prova num kit para agilizar o processo.

– Divulgação dos resultados online, após o término da prova para evitar aglomeração.

– Contestação após o evento será feita digitalmente.

– Premiação reservada, para apenas os três primeiros colocados da categoria geral de cada prova.

– Divulgação de um comunicado prévio para staff e atletas informando as novas normas e os procedimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *