PFC

Corrida de São Silvestre entra em sua fase centenária com novidades

Uma das mais importantes e tradicionais competições esportivas do mundo, a Corrida Internacional de São Silvestre celebra a partir deste ano o seu centenário. Novidades vão marcar o momento histórico, começando pelos anúncios da Vega Sports como a nova organizadora técnica e a renovação do contrato de transmissão pela Globo, onde a corrida já é tradicional na grade de fim de ano da TV Globo. Ambas as parcerias vão até a edição de número 100 da Corrida, em 2025.

“A São Silvestre é referência mundial e o objetivo nas escolhas da Fundação Cásper Líbero, proprietária da Corrida, é fazer com que ela fique ainda mais especial a cada edição. Buscamos sempre a melhor experiência para os atletas e grandes oportunidades para os nossos parceiros comerciais”, declara Erick Castelhero, diretor de Prova.

Marcos Yano, CEO da Vega Sports, fala sobre o desafio: “Não é sobre realizar mais uma competição. É um passo adiante para a principal corrida de rua do Brasil. Vamos colocar a São Silvestre na rota do melhor das corridas pelo mundo. Nosso pensamento é atender os principais desejos do corredor e reforçar as experiências ao redor do evento.

A São Silvestre realizou a sua primeira Corrida em dezembro de 1925 e, desde então, só foi interrompida em 2020, devido à pandemia Covid-19. A Prova chega aos seus 100 anos de história em 2024 e vai completar a sua 100ª edição em 2025. São dois anos para celebrar o esperado centenário de uma competição marcada por inovações, famosa também por reunir atletas amadores e profissionais em um espaço esportivo.

Prova Ciclística 9 de Julho e São Silvestrinha             

O acordo entre a Fundação Cásper Líbero e a Vega Sports também inclui a organização técnica da tradicional Prova Ciclística Internacional 9 de Julho e da São Silvestrinha. O desejo é tornar ainda melhor a realização dos tradicionais eventos da Fundação Cásper Líbero.

Lançada em 1933, a 9 de Julho é a ‘São Silvestre’ das bicicletas. É o evento de maior prestígio entre os ciclistas profissionais e uma oportunidade única para os esportistas amadores. “Teremos um novo formato para voltar a encher de orgulho os participantes da Prova”, explica Yano.

A São Silvestrinha nasceu em 1994 como proposta de ser a versão infanto juvenil da São Silvestre. De forma lúdica, desperta o interesse dos jovens pelo esporte, para a disciplina e para o exercício prático de cidadania. O projeto revelou talentos como o mineiro Franck Caldeira, que deu as suas primeiras passadas na São Silvestrinha para depois se tornar campeão da São Silvestre em 2006.

Nos próximos dias serão divulgados novidades e detalhes específicos sobre cada um dos eventos: São Silvestre, São Silvestrinha e Prova Ciclística 9 de Julho.

Sobre a Vega Sports

A Vega Sports é uma holding de negócios esportivos com a missão de profissionalizar o esporte no país. A empresa atua em várias verticais dentro do esporte, entre elas, o mercado de eventos. A Asics Golden Run e a Ayrton Senna Race Day são referências de realizações da Vega Sports, que também inclui no portfólio provas de ciclismo, de triatlo e de travessias aquáticas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *