Kenenisa Bekele e Sara Hall desistem da Maratona de Boston

A Boston Athletic Association (B.A.A.) anunciou atualizações para os atletas de elite na 126ª Maratona de Boston em duas semanas. Os headliners anteriores Kenenisa Bekele, Titus Ekiru e Sara Hall anunciaram que não estarão na prova, devido a lesões em curso. Sisay Lemma e Birhanu Legese, da Etiópia, foram adicionados.

Hall postou em seu Instagram que seu tendão do joelho foi agravado desde que ela tropeçou em uma corrida em fevereiro, caindo em uma rocha. Ela insiste que fez tudo para chegar à linha de chegada em Boston, mas não quer arriscar a chance de um revés antes do Campeonato Mundial em Eugene, Oregon, em julho.

Entre outros grandes nomes a abandonar o campo feminino estão: a campeã da Maratona de Valência de 2019, Roza Dereje (ETH); a vencedora da Maratona de Ottawa de 2019, Tigist Girma (ETH); Kellyn Taylor (EUA), sexta colocada na Maratona de Nova Iorque em 2021 e a maratonista sub-2:20 Zeineba Yimer (ETH).

Ekiru, do Quênia, era o segundo homem de elite mais rápido da elite, atrás de Bekele, correndo o tempo mais rápido da maratona de 2021 (2h02min57s em Milão). Ekiru tem lutado para se recuperar de uma lesão que sofreu na RAK Meia Maratona em fevereiro, que o forçou a sair.

Bekele está muito calado nas redes sociais desde o sexto lugar na Maratona de Nova York de 2021. O motivo de sua retirada de Boston não foi anunciado; o ex-recordista quatro vezes mundial continua a lutar contra o tempo, completando 40 anos em junho deste ano.

Legese da Etiópia foi adicionado à elite masculina. Ele é bicampeão da Maratona de Tóquio com um recorde pessoal de 2h02min48seg. Lemma é a outra adição ao campo masculino: venceu a Maratona de Londres 2021 e tem vitórias anteriores em Berlim e Tóquio e um PB de 2h03min36seg.

Pela primeira vez em quase três anos, a prestigiada Maratona de Boston retornará à data tradicional do Dia dos Patriotas em 18 de abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.