Kiplimo e Gebrzihair quebram recordes do percurso em Ras Al Khaimah

Jacob Kiplimo, de Uganda, e Girmawit Gebrzihair, da Etiópia, bateram os recordes de percurso para vencer a Meia Maratona Ras Al Khaimah no sábado (19/02), com os tempos de 57h56 e 1h04min14, respectivamente, durante mais uma edição rápida desta prova.

Kiplimo entrou na corrida visando seu próprio recorde mundial de 57:31, que ele estabeleceu em Lisboa em novembro. O campeão mundial de meia maratona de 21 anos, que terminou em terceiro nos 10.000 m e quinto nos 5.000 m nas Olimpíadas de Tóquio no ano passado, esteve em ritmo alucinante durante grande parte da corrida, registrando parciais de 13:23 para 5 km e em seguida percorrendo 10 km em 26:56 – na meta para uma meia maratona sub 57 minutos. A essa altura, ele estava 16 segundos à frente de Rodgers Kwemoi, do Quênia, com um grupo que incluía Kenneth Kiprop Renju, Alexander Mutiso, Daniel Kibet, Amedework Walelegn, Abel Kipchumba, Seifu Tura e Kennedy Kimutai mais 6 segundos atrás.

O ritmo de Kiplimo caiu um pouco nos próximos 5 km, mas ele ainda passou 15 km em 40:43, um tempo que supera o melhor tempo do mundo 15 km, 41:05, que havia sido estabelecido por seu compatriota Joshua Cheptegei em Nijmegen em 2018. Embora o recorde mundial da meia maratona parecia estar fora de alcance, Kiplimo completou a marca de 20 km em 54:53, 33 segundos à frente de Kwemoi, antes de cruzar a linha de chegada em 57:56 para vencer por 34 segundos.

Foi a quinta meia maratona mais rápida da história e é a terceira vez que Kiplimo corre abaixo de 58 minutos na distância, um tempo que apenas três outros atletas – o queniano Kibiwott Kandie, Rhonex Kipruto e Mutiso – já conseguiram.

Os cinco melhores atletas bateram o recorde anterior do percurso de 58:42, que havia sido estabelecido por Bedan Karoki em 2018 e depois igualado por Stephen Kiprop em 2019. Kwemoi foi o segundo com 58:30, o que o coloca em 11º na lista dos melhores tempos do mundo, enquanto seu compatriota Renju foi o terceiro com 58:35.

Tura da Etiópia ficou um segundo atrás (58:36) em quarto, com seu compatriota Walelegn em quinto em 58:40 e Kibet do Quênia em sexto em 58:45. Mutiso e Kipchumba também fizeram abaixo de 60 minutos, com 58:48 e 59:47, respectivamente.

PLACE NAME BIRTH DATE NAT. MARK
1. Jacob KIPLIMO 14 NOV 2000 UGA 57:56
2. Rodgers KWEMOI 03 MAR 1998 KEN 58:30
3. Kenneth Kiprop RENJU 1996 KEN 58:35
4. Seifu TURA 19 JUN 1997 ETH 58:36
5. Amedework WALELEGN 11 MAR 1999 ETH 58:40

 

Gebrzihair vence na estreia

Gebrzihair teve um início bem-sucedido em sua carreira de meia maratona na corrida feminina, com recorde do percurso de 1:04:14, sendo a segunda estreia feminina mais rápida de todos os tempos para a distância, atrás do recorde mundial de Letesenbet Gidey de 1:02:52 em Valência em Outubro.

O desempenho melhora o recorde anterior do percurso de 1h04:31 – então recorde mundial – estabelecido por Ababel Yeshaneh na última vez que a Meia Maratona Ras Al Khaimah foi realizada em 2020.

Gebrzihair, de 20 anos, que conquistou o bronze no mundial sub-20 de  5000m em 2018 e recentemente terminou em segundo na Great Ethiopian Run 10 km, foi acompanhada por atletas como  Hellen Obiri, bicampeã mundial de 5000 m do Quênia, e Sheila Chepkirui, bem como a etíope Bosena Mulate, em um grupo de oito atletas que percorreu 5 km em 15:12. Esse pelotão caiu para cinco atletas no ponto de 10 km, onde Gebrzihair, Obiri, Mulate, Chepkirui e Judith Jeptum do Quênia passaram em 30:28.

Obiri, Gebrzihair e Chepkirui então se separaram e percorreram 15 km juntas em 45:50, antes de Chepkirui cair e as líderes passarem o km 20 em 1:01:04. Gebrzihair acelerou nos metros finais para garantir o sucesso em sua estreia, vencendo por oito segundos em 1:04:14 contra 1:04:22 de Obiri. Chepkirui foi a terceira em 1h04:36 e as três primeiras em Ras Al Khaimah agora estão respectivamente em quarto, quinto e sétimo na lista de melhores tempos do mundo.

Jeptum terminou em quarto com 1h05min28seg e Mulate em quinto com 1h05min46seg. Em sexto, a britânica Eilish McColgan correu 1h06:26 para quebrar o recorde nacional de Paula Radcliffe de 1h06:47, que perdurava desde 2001.

Daisy Cherotich, do Quênia, Eunice Chebichii Chumba, do Bahrein, e Pauline Esikon, do Quênia, também completaram a prova em menos de 68 minutos, com tempos respectivos de 1h06:33, 1h07:22 e 1h07:50. Yeshaneh também esteve em ação, mas depois de passar 15km em 46:08, a ex-recordista mundial não terminou a corrida.

PLACE NAME BIRTH DATE NAT. MARK
1. Girmawit GEBRZIHAIR 21 NOV 2001 ETH 1:04:14
2. Hellen OBIRI 13 DEC 1989 KEN 1:04:22
3. Sheila Chepkirui KIPROTICH 27 DEC 1990 KEN 1:04:36
4. Judith JEPTUM 1995 KEN 1:05:28
5. Bosena MULATE 2001 ETH 1:05:46

Resultados

Foto: Alberto Mazzucchelli / Organisers
Foto: Alberto Mazzucchelli / Organisers

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.