Letesenbet Gidey faz novo recorde mundial da meia maratona em Valência

A etíope Letesenbet Gidey estabeleceu um impressionante novo recorde mundial na meia maratona feminina. Ela completou a Meia Maratona de Valência em 1:02:52, na sua estreia na distância neste domingo (24/10/21).

Valência é a mesma cidade onde ela quebrou o recorde dos 5.000 metros em 2020. Hoje, ela tirou 70 segundos do recorde anterior, que era de 1:04:02 da Ruth Chepngetich, feito em abril deste ano.

A atleta de 23 anos se tornou a primeira mulher a quebrar oficialmente a barreira dos 64 e 63 minutos. Ela também é a primeira estreante a estabelecer o recorde mundial na distância.

Gidey, acompanhada de um pacer, fez os primeiros 5 km em 15:00, o que na projeção daria recorde mundial. A também etíope Yalemzerf Yehualaw, outro grande nome desta prova, estava logo atrás. Yehualaw, aliás, fez 1:03:44 na meia maratona há poucas semanas. Seria o recorde mundial a ser batido hoje, mas na sexta-feira descobriram que a prova de agosto tinha 54 metros a menos e o recorde não foi confirmado.

Gidey chegou aos 10 km com 29:45. Este é o terceiro melhor tempo da história dos 10 km e apenas 7 segundos acima do recorde mundial de 29:38, feito semanas atrás por Kalkidan Gezahegne. Nesta passagem, Yehualaw já estava um pouco mais atrás.

Gidey se manteve no ritmo e passou os 15 km em 44:29, com a parcial de 5 km em 14:44. Esses 44:29 foram apenas 9 segundos acima do recorde que a própria Gidey tem nos 15 km na rua (44:20).O ritmo até caiu um pouco na parte final da prova, mas nada que ameaçasse a vitória e o recorde mundial. Com isso, ela completou a prova em 1:02:52, adicionou mais um recorde mundial ao seu história. Atualmente, ela é a recordista mundial dos 5.000 (14:06.62) metros, 10.000 metros (29:01.03) e 15 km (44:20).

Ressaltando a qualidade do desempenho de Gidey, ela cruzou a linha de chegada ao lado do espanhol Javier Guerra, um maratonista de 2:07:27. Agora fica a expectativa do que Gidey ainda pode fazer na meia maratona e também na maratona futuramente.

Quase 1 minuto depois, com 1:03:51, Yehualaw completou a meia maratona. Faria o recorde mundial se não fosse a Gidey. E ficaria apenas a 7 segundos do tempo que fez em agosto, o recordo mundial que não foi validado.

Em terceiro lugar, a queniana Sheila Chepkirui melhorou seu tempo da meia maratona em 45 segundos, completando a prova em 1:04:54

A prova masculina não teve tanto destaque nem recorde mundial, mas apresentou 7 atletas completando a prova abaixo de 59 minutos pela primeira vez na história. O pelotão passou os 5 km para 13:45, dentro do programado para terminar a prova em 58 minutos. O recordista mundial dos 10 km, o queniano Rhonex Kipruto era um dos favoritos e correu o tempo todo junto com os pacers. Estavam com ele os também quenianos Abel Kipchumba, Philemon Kiplimo, Felix Kipkoech, Daniel Mateiko e Kennedy Kimutai, além do etíope Muktar Edris, campeão mundial dos 5.000 metros.

Os três pacers saíram da prova com 7 km e dali em diante os atletas se revezaram na frente para manter o ritmo rápido. Na passagem dos 10 km, os atletas fizeram 27:35, um pouco acima da meta. Neste ponto, havia 10 atletas no pelotão da frente. Kipruto e Kipchumba eram os que se mantinham mais na frente, com Mateiko logo atrás. Mateiko havia feito seu melhor tempo em meia, 59:29, em Copenhagem mês passado.

No km 12, Mateiko tentou se desgarrar do pelotão, mas não obteve sucesso. Logo após atingirem 15 em 41:16, Kipchumba fez o movimento à frente, acelerou e só Kipruto conseguiu acompanhar. Com pouco mais de 500 metros para o fim da meia maratona, Kipruto ficou um pouco à frente. Porém, Kipchumba não desistiu e conseguiu passar Kipruto na reta final, vencendo a prova com 58:07, apenas 2 segundos a frente de Kipruto.

Este tempo de Kipchumba foi o sexto mais rápido da história. Mateiko, que tentou ser uma surpresa no km 12, terminou em terceiro com 58:24, baixando seu recorde pessoal em mais de 1 minuto. Assim, tivemos 3 quenianos no pódio.

 

Resultados

Mulheres
1) Letesenbet Gidey (ETI) – 1:02:52
2) Yalemzerf Yehualaw (ETI) – 1:03:51
3) Sheila Chepkirui (QUE) – 1:04:53

Homens
1) Abel Kipchumba (QUE) – 58:07
2) Rhonex Kipruto (QUE) – 58:09
3) Daniel Mateiko (QUE) – 58:26

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.