No horário de verão

No ano passado, a chegada do horário de verão me incomodou um pouco, devido aos meus treinos serem de madrugada, ali pelas 5 horas. No fim dos treinos, geralmente pegava o dia clareando, o que me dava uma sensação a mais de segurança, ainda que uma falsa sensação. O horário de verão chegou e o dia que clareava 5h45, passou a clarear 6h45. Dava uma boa diferença.

Este ano é diferente. Meus horários estão modificados. Trabalhando na parte da tarde, o horário de verão não vai influenciar em nada na claridade do fim dos meus treinos. Aliás, acredito até que o horário de verão vai me ajudar. Atualmente, tenho começado os treinos entre 7h30 e 8h30 e já estou sentindo que em alguns dias está bem mais quente que sem agosto ou setembro.

Claro, estamos na primavera, rumo ao verão, vai esquentar cada vez mais. Essa hora adiantada vai ser útil. Quando começar a correr, digamos, 8h30, vai ser o sol das 7h30. A tendência é ser menos sofrido. E ainda vai ter o bônus de escurecer mais tarde. Assim, se der vontade, posso correr também no fim do dia.

O horário de verão começa no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. Quando coincidir com o domingo de carnaval, termina no domingo seguinte. É o que está na lei. Para quem corre, esse período de 4 meses com os dias escurecendo mais tarde é muito bom. Temos mais vontade de sair de casa para aproveitar o dia mais longo. É muito comum ver a Beira Mar, tanto de Floripa quanto de São José, lotada nesse período.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.