PFC na Balança 10

Mais um mês e o tão esperado dia da consulta chegou! E um dia após a Páscoa. Vamos diretamente para os números comparativos:

Os números não mentem. O mês não foi o que eu esperava. O volume de treinos foi alto, mas o ponteiro da balança não baixou. Apesar de ter reduzido muito algumas medidas (a sensação está nas roupas usuais) o ganho de gordura acabou me surpreendendo.

Continuei perdendo massa magra e obtive um ganho de 0,300 kg de gordura, que acabou influenciando no total de percentual de gordura. Novas metas traçadas e novas orientações me foram passadas. Nisso tudo fico apenas com o alento de ter mantido meu peso, mesmo com a Páscoa antecedendo à consulta nutricional.

Dia 4 de maio teremos nova consulta e a luta é para que os números tenham uma representatividade mais significativa. Continuamos em busca de saúde! Qualidade de Vida, uma busca diária! Boas Corridas!

Giovana Leiner:

5 thoughts on “PFC na Balança 10

  1. Dieta é brabo mesmo! É algo que leva muito tempo pra chegar no objetivo, requer muita paciência. Foco, força e determinação meu caro. Abraço!

  2. Acho que sua combinação de esporte de resistência com insuficiente restrição de carboidratos vai render nisso aí mesmo: perda muscular e ganho de gordura, mesmo que o peso diminua.

    Mas é simples de resolver: correr menos, fazer mais treino de força, comer bem menos carboidratos 🙂

    1. Para mim, é muito simples. Se ficar low carb, vai ter resultado. Mas ele quer perder peso comendo pizza todo sábado. 😀
      Daqui uns 10 meses chega no peso desejado hahaha.
      Força, Mauricio! Você chega lá!

    2. Eu ia escrever um comentário…mas o Adolfo já falou o que eu ia dizer!
      Perfeito Adolfo…da forma que ele tem feito, só vai gerar catabolismo…..Acho que a nutricionista dele não tem muita experiência em esportes de resistência….pois foi só ele aumentar o volume de treino que catabolizou!

      1. Discordo.
        As orientações estão sendo passadas. O problema é comigo mesmo.
        Exemplo: ela sempre solicitou a alimentação logo após o treino, coisa que não tinha e não tenho costume de fazer, mas agora estou inserindo em meus hábitos.
        Esse mês os resultados não foram o que eu esperava, mas como falei, estou a apenas dois meses seguindo e adaptando uma dieta.
        Certa ou errada, foi a profissional que escolhi para me ajudar e me acompanhar nesta caminhada.

        O resultado disso a gente vai acompanhar aqui.

        Valeu galera!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.