Categorias
Notícias

Strava Metro, principal plataforma global sobre deslocamento em transporte não motorizado, agora é gratuito em todo o mundo

O Strava, a principal plataforma para atletas e a maior comunidade esportiva do mundo, com mais de 68 milhões de atletas e mais de 9 milhões só no Brasil, anunciou nesta quarta-feira, 23, que o Strava Metro, principal plataforma global sobre deslocamento em transporte não motorizado, está agora disponível de forma gratuita para urbanistas, governos municipais e ativistas que defendem infraestruturas seguras. Para ter acesso ao serviço, basta que as cidades façam uma solicitação para o Strava e apresentem para a empresa um plano de mobilidade urbana.

“Sempre acreditamos que a comunidade Strava poderia dar a sua contribuição de diversas formas. O Strava Metro é uma delas. E dada a necessidade crescente de infraestrutura para ciclistas e pedestres, sentimos que o Strava Metro era muito valioso e importante para não ser disponibilizado a qualquer organização que tentasse fazer a diferença no projeto de futuro das cidades”, afirma Mark Gainey, co-fundador do Strava.

Com cerca de metade dos brasileiros trabalhando em casa durante a pandemia e uma crescente preocupação relacionada com a segurança na utilização do transporte público, os métodos e destinos dos deslocamentos diários mudaram em grande escala. Milhões de pessoas publicam no Strava suas pedaladas, corridas e caminhadas todas as semanas, usando seus smartphones ou dispositivos GPS. O Strava Metro então agrega estes dados, de forma anônima, para depois disponibilizá-los, com intuito de ajudar departamentos de transporte e grupos de planejamento urbano a entender melhor os padrões de mudança nos deslocamentos, melhorar a segurança e avaliar projetos de infraestrutura.

Enquanto as cidades ao redor do mundo estão lutando com os efeitos da COVID-19 no transporte ativo, o Strava Metro proporciona acesso gratuito a dados detalhados sobre mobilidade para ajudar a tomar decisões mais eficazes sobre planejamento e infraestrutura urbana. Números da plataforma mostram, por exemplo, que na cidade de São Paulo houve um crescimento de 248% no tráfego de bikes na ciclovia da Faria Lima em julho deste ano quando comparado com o mesmo mês do ano passado. A cidade de São Paulo, como um todo, teve um crescimento de quase 39% no total de atividades de bicicleta dentro do Strava no mês de julho e de mais de 31% em agosto.

Já no Rio de Janeiro, alguns trechos com grande crescimento ano a ano foram o Aterro do Flamengo, com 277%, a Avenida Niemeyer (156%) e o Boulevard Olímpico (145%), sempre comparando os meses de julho de 2019 com julho de 2020. Os números apontam que mesmo com muitas cidades em quarentena desde meados de março, os brasileiros estão cada vez mais optando pelas bikes ao invés de outros meios de transporte. Ainda no Rio, o mês de agosto teve um crescimento de 91% no total de atividades de bicicletas registradas no Strava, comparando ano a ano.

“O Brasil tem potencial enorme para usar o Strava Metro. Temos grandes cidades, muitas vezes congestionadas, e interesse cada vez maior da população por transportes alternativos. Agora, com a ferramenta gratuita, esperamos ser um importante parceiro no planejamento da mobilidade urbana das cidades brasileiras”, destaca Rosana Fortes, country manager do Strava no Brasil.

Desde o início do Strava Metro, em 2014, os parceiros pagavam uma taxa anual para acessar os conjuntos de dados agregados e anônimos. No ano passado, o Strava lançou o Metro Webview, uma interface web atualizada e intuitiva baseada em mapas na qual os parceiros podem acessar com mais facilidade todos os dados. Agora, ao tornar o Strava Metro gratuito para organizações que compartilham da missão de tornar as cidades melhores para ciclistas e pedestres, o Strava espera impulsionar uma concepção mais inteligente e sustentável das cidades globalmente e contribuir com as comunidades que apoiam milhões de atletas em todo o mundo.

Se você, ou a organização para a qual você trabalha, apostam nos transportes não motorizados e consideram que podem gerar um impacto positivo, faça a sua solicitação aqui para usar o Strava Metro de forma gratuita.

Sobre o Strava Metro

O Strava Metro é o maior conjunto de dados anônimos e agregados sobre transportes movidos pela propulsão humana do mundo. O Metro agrega, anonimiza e contextualiza este conjunto de dados para ajudar a tornar as cidades um lugar melhor para quem vai a pé ou de bicicleta.

Trabalhamos com urbanistas, governos municipais e ativistas que defendem infraestruturas seguras para entender os padrões de mobilidade, identificar oportunidades de investimento e avaliar o impacto das mudanças na infraestrutura – tudo de forma totalmente gratuita. Vamos tornar as viagens não motorizadas seguras, acessíveis e eficientes para todos. Saiba mais em metro.strava.com.

Por Por Falar em Correr

Podcast sobre corridas de rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *