PFC

Strava publica o Ano Esportivo 2023

Strava, a principal comunidade digital para pessoas ativas com mais de 120 milhões de atletas, anunciou hoje a publicação do Ano Esportivo 2023. Trata-se de um relatório que destaca as tendências globais entre esportistas de diferentes gerações. Não é surpresa que os comportamentos e hábitos da Geração Z sejam distintos das demais gerações. Além disso, o que os motiva, os obstáculos que enfrentam e seus interesses são diferentes quando se trata de manterem-se ativos.

Como parte deste esperado relatório, o Strava conduziu uma pesquisa global com 6.990 pessoas que praticam esportes, selecionadas tanto dentro da comunidade global do Strava com mais de 120 milhões de atletas, quanto de uma amostra aleatória de pessoas ativas dentro e fora da plataforma do Strava. Os resultados, combinados com os dados de atividade do Strava em 2023, oferecem uma visão nova e única sobre as tendências que configuram o mundo do exercício físico e da aventura, e antecipam o que podemos esperar para este ano.

Em todas as gerações, os atletas do Strava afirmam que o principal motivo para se exercitarem com outras pessoas é a interação social. Mais da metade dos atletas do Strava afirmam que são mais motivados por amigos ou familiares que praticam exercícios, e 77% dos atletas da Geração Z dizem sentir-se mais conectados uns com os outros ao ver as atividades de seus amigos ou familiares no Strava. Quem está no final dessa lista de motivadores? Celebridades e influenciadores, mesmo para a Geração Z e os Millennials.

A Geração Z também é a mais social, com 29% mais chances do que os Millennials de se exercitarem com outra pessoa pelo menos ocasionalmente. Isso pode ser devido, em parte, ao espírito de competição saudável, já que os atletas da Geração Z são 31% menos propensos a malharem principalmente pela saúde do que seus equivalentes Millennials ou da Geração X, e são os mais propensos a se exercitarem em busca de desempenho esportivo.

Quando se trata de obstáculos para se exercitar e manter uma rotina consistente, mais de dois terços dos atletas de todas as gerações citaram a falta de tempo devido às demandas do trabalho como o principal obstáculo. Mesmo assim, as exigências do trabalho não impediram que a Geração Z alcançasse suas metas esportivas: 39% dos atletas do Strava da Geração Z começou um novo emprego e 30% se mudou por conta do trabalho em 2023, mas esse grupo é 32% mais propenso do que outras gerações a dizer que está mais em forma do que no ano anterior.

“Sabemos que os comportamentos da Geração Z refletem seus valores e a influência de viver em um mundo cada vez mais digital, o que, para esse grupo, significa estar centrado no ativismo, na comunidade e na interação”, afirma Zipporah Allen, Diretora Executiva de Negócios do Strava. “No último ano, vimos que a Geração Z é a principal fonte de crescimento de nossa comunidade por meio dos novos clubes no Strava. Eles também contribuíram para o crescimento de esportes como corrida, apesar de enfrentarem mais obstáculos para manter a consistência. Isso demonstra que a atividade física será um valor central para essa geração, e é por isso que recorrem ao Strava como a principal plataforma para se manterem motivados e conectados”.

Embora a interação seja prioritária globalmente, foram identificados outros motivadores e obstáculos importantes entre as pessoas ativas:

  • Os animais de estimação nos incentivam a sair de casa: 76% dos atletas do Strava que têm animais de estimação afirmam que seus companheiros peludos os ajudam a sair quando, de outra forma, não o fariam. Exercitar-se com seus pets é mais prazeroso para eles.
  • Segurança e responsabilidades domésticas podem ser obstáculos para se exercitar: no Strava, os homens são 13% mais propensos do que as mulheres a citarem as responsabilidades domésticas como um obstáculo. As mulheres, por sua vez, são 9% mais propensas do que os homens a mencionar a falta de lugares seguros para se exercitar.
  • As mudanças climáticas também estão afetando nossos hábitos de exercício: 75% dos atletas do Strava citou que o calor extremo afetou seus planos de treino em 2023. E 27% também mencionou a má qualidade do ar.
  • As playlists são grandes companheiras de treino, mas podem ser pouco variadas: 43% dos atletas da Geração X no Strava afirmam que estão ouvindo a mesma playlist durante seus treinos há anos.

Para acessar o relatório completo e conhecer os lugares mais populares para fazer trilhas, pedalar e correr ao redor do mundo, consulte o relatório de tendências do Ano Esportivo 2023 em: https://press.strava.com/.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *