Categorias
Notícias

Strava traz novo tratamento de mapa, que muda de cor conforme a intensidade da atividade

O Strava, a rede social dos atletas que tem mais de 68 milhões de atletas no mundo e mais de 9 milhões só no Brasil, anunciou um aprimoramento em seus mapas. Agora, as atividades dos atletas poderão mostrar os mapas personalizados de acordo com a intensidade de cada exercício, sempre que forem usadas hashtags específicas no título ou na descrição da atividade.

Assim, ao invés da cor única padrão, a linha da rota realizada usará um esquema de cores que reflete parte dos dados registrados durante a atividade, de acordo com o seguinte padrão:

#maparitmo – Cores mais escuras mostram os paces mais rápidos;

#mapavelocidade – Cores mais escuras mostram velocidades maiores;

#mapafrequênciacardíaca / #mapafc – Cores mais escuras mostram batimentos cardíacos mais altos;

#mapapotência – Cores mais escuras mostram os momentos de maior potência;

#mapainclinação – Vermelho mostra as subidas, verde as descidas;

#mapatempo – Cores mais escuras aparecem mais tarde na atividade;

#mapaelevação – Cores mais escuras mostram as maiores elevações/altitudes;

#mapatemperatura – As cores variam de acordo com a temperatura (vermelho é mais quente).

Em outras palavras, com esta atualização, os mapas passam a mostrar cores de acordo com um tipo de fluxo de dados específico da atividade, escolhido como fonte de valores de dados. Cada tipo de fluxo de dados possui um gradiente distinto de cor. A função está disponível para os assinantes do Strava, mas é visível por todos, assinantes ou não. Assim, um atleta pode escolher  um treino de ciclismo que mostre sua potência utilizada, uma corrida em trilha acidentada que mostre sua elevação, uma maratona que mostre sua frequência cardíaca, ritmo ou velocidade.

“É interessante destacar que o #statmaps, como foi chamada internamente a ação, foi desenvolvido a partir de um hackathon trimestral chamado ‘Strava Jams’, em que as sugestões dos atletas de cada país onde o Strava tem operação são sugeridas para os desenvolvedores da plataforma”, comenta Rosana Fortes, country manager do Strava no Brasil. Outros recursos originais desenvolvidos a partir de Strava Jams e lançados são o Strava Live Segments, a opção de recorte de atividade no celular, o uso de fotos no perfil do celular e a função de esforço percebido, entre outras.

Por Por Falar em Correr

Podcast sobre corridas de rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *