Categorias
Geral

Dicas para correr de manhã

Correr de manhã pode ser um desafio para muitas pessoas. Outras, porém, só conseguem correr de manhã. Para quem gosta e para quem quer começar a ser um corredor matutino, trouxemos algumas dicas para correr de manhã e ajudar quem pretende começar a correr logo cedo.

Assista ao vídeo com dicas para correr de manhã:

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=mvqNEZ4t6hE[/embedyt]

Deixe seu comentário aqui no post ou no YouTube sobre a sua relação com o horário de corrida ou de treino. Você gosta de correr de manhã? Você consegue acordar? Você não gosta e nem tenta? Conte para nós.

Por Falar em Corrida no YouTube

Por Falar em Corrida no iTunes

Feed do podcast

SACo (envie sua mensagem)

Categorias
Blog do Enio

A diferença da manhã

Ontem saiu o treino intervalado da semana. O ritmo não foi aquela coisa toda, mas deu para sair da zona de conforto. Novamente, optei pelo treino logo cedo. Comecei às 5h36, ainda escuro, mas amanhecendo progressivamente. Era até bonito de ver. Desta vez, decidi fazer repetições de 4 minutos, com intervalo de 2 minutos entre elas.

O número de repetições é definido no momento do treino. Depende muito do tempo decorrido desde o início. Ainda estou fazendo testes com o horário e, por enquanto, defini que o máximo de duração do treino tem que ser perto dos 50 minutos, pouca coisa acima ou abaixo.

Para mim, é muito perceptível a diferença correndo logo cedo. Sinto mais disposição para correr (ainda que isso não se reflita no ritmo), não tem o cansaço do dia acumulado e tenho o resto do dia livre, sem obrigações pendentes. Ontem, por exemplo, estava correndo solto desde o início, já no aquecimento.

Até achei que seria o treino da minha vida do ano até o momento, mas não foi bem a realidade. Ainda estou meio pesado e acho que estava correndo com sono. Sei lá. Só sei que o ritmo começou lento. A primeira repetição saiu com ritmo lá em cima, 5:16. A segunda saiu ainda pior: 5:19.

Na terceira, tentei melhorar e saiu um 5:07. A quarta comecei muito devagar. Era o retorno da Beira Mar e nessa volta deixei o ritmo cair. Tive que buscar no fim e ainda saiu um 5:11. A quinta foi a primeira abaixo de 5 min/km. Foi no limite, mas saiu 4:59. E a sexta e última foi a que mais controlei o ritmo, para tentar abaixo de 4:50. Saiu 4:49.

Quando fiz as contas no começo do treino, 5 repetições era o número mínimo. Acabei fazendo 6 porque ia dar tempo. O ritmo só começou a encaixar mesmo no final. Como é um intervalado mais longo, não costumo olhar muito o ritmo no relógio. Uso as marcações da Beira Mar como referência.

Talvez se eu ficasse olhando a todo instante fizesse um ritmo mais rápido. Ver o número direto na tela do GPS pode me fazer continuar no ritmo ou até acelerar. Não foi o ritmo ideal, mas mais um treino foi feito. A sexta é de descanso e sábado tem o treino mais longo, que, obviamente, ainda não defini como vai ser.

Domingo tem o treino de carnaval do Por Falar em Corrida no Campeche e ainda terei segunda, terça e quarta mais tranquilos justamente por causa do carnaval. Pessoal fala mal do carnaval, mas pelo menos tem um feriado que ajuda os corredores. Bom, pelo menos vai me ajudar. Talvez corra nos cinco dias deste lindo feriado.

Categorias
Blog do Enio

A volta do treino matutino

Voltamos aos treinos matutinos. Daqueles bem matutinos. Não sei se foi uma vez só ou se vai continuar, mas ontem decidi fazer um teste. Acordei às 5 horas para correr. Como tem toda a preparação antes de sair de casa, o treino só foi começar às 5h37.

A vantagem de não ter mais horário de verão e de eu começar a trabalhar 7h30 é que agora posso começar o treino ali pelas 5h30. Já pego o dia amanhecendo e não me atraso. Em 2015, quando fiz alguns treinos logo pela manhã,  o horário do trabalho era às 7h e o treino precisava começar às 5h para dar tempo.

Com horário de verão, correr às 5h30 ainda seria muito escuro. Sem ele, ficou tudo mais fácil. A parte difícil é acordar, mas para mim é muito melhor correr antes de começar as outras atividades do dia. Sinto mais disposição, mesmo saindo para correr com um pouco de sono.

Até o horário de verão terminar no último sábado, estava optando pelos treinos no fim de tarde. A vontade de acordar cedo e correr no escuro não me animavam. Às 19h30, a temperatura já ficava mais agradável, mas sempre saía de casa pensando em não sair.

Ontem não. Ontem foi diferente. Normalmente, estou acordando 6h. Adiantar uma hora não foi tão sofrido. Correr com o dia amanhecendo foi outro diferencial. A princípio, penso em correr terças e quintas. E nesses dias vou tentar correr pela manhã. Aproveitar que o horário de verão só volta dia 15 de outubro.

Por enquanto, a temperatura é agradável para correr e acredito que vou conseguir seguir o plano de correr logo cedo. Com o passar dos dias, vai chegar o outono e o inverno, vai ficar mais frio e não sei bem como vai ser. Ontem foi o primeiro teste. Talvez o segundo seja amanhã.

Categorias
Geral

Fiz um título grande para ver se tem mais acesso

Há uma grande vantagem em ter escrito posts diários, de segunda a sexta, desde setembro. Ontem, consultando uns posts que fiz sobre correr de madrugada, encontrei em um texto que estava acordando às 4h30. Foi aí que entendi por que nesta semana estava geralmente começando o treino mais tarde do que no ano passado.

Como estava correndo menos de 40 minutos, coloquei o despertador para tocar às 4h50. Tinha alguns minutinhos a mais para dormir e sempre dava tempo. Só que nesta semana, correndo mais de 40 minutos, vi que não ia dar certo. Treinos começando depois das 5h20 ligaram o sinal de alerta. Não ficava atrasado, mas o tempo era mais exíguo.

Fazendo uns testes, na quinta mesmo já tinha ajustado o alarme para 4h40, mas ainda não estava bom. Com a leitura e descoberta de ontem, ajustei o despertador e acordei hoje às 4h30. Aí, foi tudo perfeito. Fiz a minha rotina de levantar e fazer as coisas sem pressa. Acorda, enrola um pouco, levanta, vai ao banheiro, faz o número 2 enquanto lê a internet e vai correr.

Acordar cedo já não é fácil. Ter que fazer tudo meio apressado não funciona comigo. Se vejo que posso me atrasar, prefiro encurtar o treino do que acelerar as coisas que faço meio dormindo. Hoje terminei o treino antes das 6h. Foram 45 minutos em ritmo constante, acelerando nos últimos 500 metros. O ritmo ficou em 5 min/km e percebi que vai ser sofrido correr rápido de novo.

Estava pensando em me dar folga hoje, mas como domingo devo na Corrida Pedra Branca para assistir e fazer uns vídeos, não vou conseguir correr. Para não ficar sexta e domingo sem correr, decidi fazer o treino hoje, farei o longo amanhã e domingo vai ser o dia de descanso. O legal desta semana é que consegui correr de segunda a sexta, sempre bem cedo.

Sobre hoje. Comecei o treino às 5h12. Se fizer mais alguns ajustes, ainda posso começar uns minutinhos mais cedo. Os planos para os próximos meses são rodagens de no mínimo 50 minutos. Pelo que venho percebendo, os treinos tem que terminar no máximo dos máximos às 6h15 para não comprometer meu horário no trabalho. Parece que vai dar certo.

Ah, sim. O título não tem nada a ver com o texto. 😀

Categorias
Geral

O dia nascer correndo

O horário de verão terminou. Para muitos, é ruim. Para mim também é. Só que para quem acorda antes das 5h para correr logo cedo, o fim do horário de verão é muito bom. De outubro a fevereiro, os treinos de madrugada eram completamente no escuro. Sem horário de verão, o dia clareia mais cedo.

É muito legal e bonito ver o céu mudando de cor, desde a total escuridão até o dia totalmente claro, com sinais de que em breve o sol vai nascer. Já pelas 5h30 vai clareando. O sol só vai aparecer depois das 6h, mas antes disso o céu escuro vai dando lugar à luz do dia. Um dos melhores motivos para sair de casa no escuro é esse.

Hoje foi mais um dia assim. Como consegui sair antes de casa, fiz um treino de quase 45 minutos. No começo ainda tinha um ventinho, clima agradável. Na parte final, porém, já estava mais quente e abafado. Corri 7,49 km quase todo o tempo com claridade. Encontrei várias pessoas e dei vários BOM DIA.

Era para fazer só mais uma rodagem, como todas as outras. Estava em um ritmo constante, mas estava incomodado. Queria tentar algo mais rápido. Aí, no 5º km resolvi acelerar e tentar correr mais forte. Foi na sensação de esforço, sem me preocupar com o GPS. Quando ele apitou de novo, no fim do quilômetro, veio uma grata surpresa. Fiz a parcial em 5:24.

Utilizei o km 6 e 7 para me recuperar e os metros finais do treino acelerei de novo. Foram quase 500 metros em ritmo de 5:16. Para a situação atual, são ritmos bons. Pude perceber nessas acelerações como o corpo vai se comportar em termos de postura e frequência das passadas. A panturrilha logo depois do km 5 reclamou.

Ainda não acho que esteja preparado para correr 2 km, ou 1 km, abaixo de 5 min/km. No entanto, sinto uma evolução. Já encontrei o jeito que faz o ritmo ficar ali entre 5:55 e 6:10. Para ser mais rápido, aumentam os passos. Ainda quero mais e mais rodagens até fazer intervalados. Enquanto isso, vou fazendo acelerações esporádicas em alguns treinos para acostumar e entender que a tendência e o objetivo é correr mais rápido.

Categorias
Geral

Motivos para correr pela manhã

Correr de manhã. Amar ou odiar? Se você gosta de correr pela manhã, provavelmente vai concordar com este texto. Se você não gosta, talvez os argumentos não sejam convincentes. No entanto, há muitos motivos para gostar de correr de manhã.

Aumento da saúde mental ao longo do dia
Quando começamos o dia com uma corrida matinal, você se sente incrível por todo o dia. O corpo fica em sintonia desde o início. Também pode acontecer de você fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Trate bem o seu corpo bem e ele irá tratá-lo bem.

Mais tempo livre
Correr pela manhã significa que você tem a noite livre para fazer outras coisas, tais como jantar com calma ou ter mais tempo para si. Ainda pode ter tempo para ler um livro, assistir a um filme, enfim, qualquer coisa para relaxar, já que não vai ter que escolher entre correr à noite ou fazer essas coisas.

A endorfina
Sim, a endorfina pode ter ótimos efeitos no seu dia se você correr pela manhã. Você pode ficar mais paciente, mais focado no trabalho ou mais feliz porque correu de manhã. É difícil estar de mau humor se você acabou de correr.

Seu exercício é uma certeza
Se você não corre de manhã, há muito mais chance de ficar ocupado com as coisas ao longo do dia e não conseguir correr. Correr logo pela manhã é a melhor maneira de garantir que você não vai perder o treino.

Simular o dia da corrida
É um fato. A maioria das corridas são de manhã. Se você está acostumado a levantar cedo e correr, seu corpo vai estar em melhores condições e adaptado para o dia da prova.

Portanto, não aperte o botão soneca do despertador. Saia da cama, amarre os tênis e respire o ar fresco da manhã durante a corrida matinal.

Link da matéria: http://runhaven.com/2015/01/05/5-reason-love-morning-run/.

Categorias
Geral

Correndo de manhã com segurança

morning runUm corredor não deve relaxar e descuidar da segurança. É quando estamos na zona de conforto que estamos mais propensos a não prestar atenção aos motoristas e outros riscos. Manter-se seguro tem que ser a prioridade. Aqui estão algumas dicas para ter segurança nas corridas matinais, embora muitas dessas dicas possa funcionar para outros períodos do dia também. Esse texto vi na Womens Running, mas acredito que as dicas possam ser aplicadas para todos os corredores.

Avise para alguém que você está indo correr
É importante que alguém saiba que você está correndo e quanto pretende correr. Isso ajuda tanto a tranquilizar quem está com você quanto a te tranquilizar. Sabe que se alguma coisa acontecer, depois de certo tempo vão estranhar sua demora. Se não tem ninguém que more com você, avisa via texto para amigos próximos.

Não seja um alvo fácil
Não poste nas redes sociais que está prestes a correr, nem o local. Tente variar o percurso e o horário. Não tenha uma rotina que algum mal intencionado possa memorizar. Tenha cuidado no que posta e por onde corre. Segurança nunca é demais.

Não corra com música
Correr com música pode facilmente te fazer perder contato com o mundo a sua volta. Você precisa dos seus sentidos funcionando plenamente para saber o que está acontecendo ou o que pode estar vindo para perto de você

Não use roupas reflexivas
A ideia da autora nesse ponto é que você não tem que ser visível para todos logo de manhã, quando ainda pode estar escuro. Não ser um destaque em meio ao pouco movimento pode ser até bom. Ela supõe que nenhum carro vai vê-la correndo mesmo e vai para a calçada quando necessário.

Leve identidade
Levar a identidade ou uma pulseira de identificação com o número de pessoas que possam atender em caso de emergência.

Cumprimente outros corredores
É mais provável que um outro corredor lembre de ter passado por você caso vocês tenham se cumprimentado. Se alguma coisa ruim acontecer, esses corredores podem lembrar detalhes que úteis para te ajudar. Nas primeiras horas da manhã, provavelmente você vai passar apenas por algumas pessoas. Essa tática não funciona bem quando se está correndo em períodos do dia que tem muita gente correndo.

Leve seu telefone
Talvez você possa pensar que isso é ridículo, já que você não para para tirar fotos e não manda mensagem nem liga para ninguém. Mas ele pode ser útil em algumas situações. O problema, muitas vezes, é onde levar o celular e não deixá-lo exposto.

Link original
Womens Running