Categorias
Blog do Enio

Menos peso

O começo do ano foi meio desajeitado na alimentação. Alguns exageros aqui e acolá e quando comia certo, comia demais. Só em junho consegui me adequar e diminuir o peso. Queria voltar aos 75, 76 de 2015. A realidade, porém, era a média de 80 este ano.

Para a Meia de Floripa tentei entrar na linha, mas larguei com 80 kg. Depois dela, consegui manter uma boa média abaixo dos 80. O primeiro passo era ficar sub 80 para daí então buscar novas metas. Alguns aniversários, festas juninas e mais comida fizeram tudo voltar como estava antes.

Em julho, estive muito desregrado de novo. Cometi alguns erros que deveria evitar. Era sabido que o resultado não viria. O ponto de partida foi a festa julina dos amigos da corrida dia 23 de julho. Estabeleci que a partir dali iria me fixar no sub 80 em agosto e tentar números menores.

Para ganhar peso é muito fácil. Para perder tem que ter paciência. Aos poucos o resultado aparece. Até agora, em 22 dias de agosto, nenhum fiquei na dezena dos 80. Na última semana, entrei nos 78 alto. Estou tentando mantê-los para, quem sabe, mirar no 77 no começo de setembro.

Na Meia de Brusque larguei com 78,6. Ou seja, foi quase 1,5 kg a menos do que na Meia de Floripa. Na Track&Field de julho corri com 81,1 kg. Treinar ajuda a melhorar o tempo. Se estiver mais leve, é ainda melhor. Deixar 2,5 kg no caminho deve ter ajudado no sub 25 em Brusque.

Meus piores exageros desde julho foram chocolates. Teve um domingo com pastel, mas a alimentação adequada ajudou a não impactar em um período do dia ruim. Ainda preciso acertar algumas coisas nas quantidades. A qualidade está boa, mas peco pelo excesso sem necessidade de vez em quando. Seguimos rumo ao 77 e tentando ficar mais leve.

Categorias
Geral

PFC na Balança 20

dietaMAIS UM MÊS – Vamos chegando naquele período fatídico de cada mês. O famoso dia do retorno. É sempre aquela dúvida cruel: será que fiz certo? Será que comi errado? Será que me exercitei corretamente? Todo mês a mesma dúvida. E por que estou falando isso agora, a uma semana da consulta?

É que este mês a dúvida está maior.  Mês atípico, com muitas provas, muitos eventos, trabalho a todo vapor, problemas e preocupações do dia a dia, enfim, passamos por problemas como qualquer pessoa normal. Mas o que importa é que retornaremos na semana que vem com os números, os famosos números!

“Não sei se engordei ou se emagreci, o importante é que comi!!!!!”

Até semana que vem!

Boas Corridas!

Giovana Leiner:

Categorias
Podcast PFC

PFC 150 – Peso na Corrida

peso na corridaNesta edição, falamos da influência do peso na corrida. Correr mais leve é bom? É ruim? E a massa muscular? É melhor ter menos peso ou ter mais peso e mais músculo? Você confere o peso todo dia? Também comentamos o histórico de perca de peso dos participantes e ouvintes. Tudo isso nesta edição. Escute!

Conte-nos a sua história de perda de peso e no que a corrida pode ter ajudado nesse processo.

[powerpress]

Participantes: Enio AugustoGuilherme Preto, Nilton GeneriniMauricio Geronasso e Juliana Falchetto.

Assista à edição 150 no YouTube:

Categorias
Geral

PFC na Balança 19

dietaATLETAS X GORDOS – Hoje parei e fiquei pensando: será que sou um privilegiado a tentar praticar meu esporte e viver brigando com a balança? Sei que não sou um único, mas sou um atleta amador. Será que temos atletas profissionais assim também.

Aí, lembrei de um podcast que escutei há muitos anos, o Papo de Gordo n° 23. Apesar de ser um podcats de 2009, ele continua muito atual e que rende muitas risadas. Vamos aqui a uma pequena lista de atletas profissionais que travam ou travaram uma boa briga com a balança:

1 – Ronaldo – O Fenômeno teve bastante problemas com a balança no final de sua carreira.

2 – Maradona – Nosso hermano dispensa comentários.

3 – Willie ‘Fatty’ Foulke – Ex-goleiro inglês que jogou pelo Chelsea.

4 – Neil Ruddock – Zagueiro que jogou por Liverpool e Tottenham

5 -Paul Gascoigne – Jogador inglês que adora uma cervejinha

6 – Neville Southall –  Um dos maiores ídolos da história do Everton.

7 – Benni MacCarthy – A má forma do sul-africano fez com que ele fosse dispensado do West Ham.

8 – Adriano – O Imperador está tentando voltar a boa forma para estrear pelo Corinthians.

9 – Mido – O egípcio passou por mais de dez times diferentes na carreira.

10 – Mark Bosnich – O goleiro australiano jogou por grandes times, incluindo Chelsea e Manchester United.

E o caso mais recente é do jogador Walter do Clube Atlético Paranaense. Alegria, meus amigos e amigas, não estamos sozinhos nesta caminhada. Boas Corridas!

Giovana Leiner:

Categorias
Geral

PFC na Balança 15

pfc na balança

Chegou o dia do retorno à consulta! Vamos diretamente para os números comparativos:

pfc na balança

O caminho é longo, mas continuamos com poucas alterações nos números. Eles não mentem e não deixam dúvidas. Apesar do ganho de peso, houve alterações no percentual de gordura, massa muscular e também massa de gordura.

O bom é que consegui me alimentar bem, o que influenciou a perda de gordura e o ganho de massa magra. Confesso que deslizes acontecem. Afinal, sou filho de Deus!!! rsrsrsrsrs

Novas orientações passadas e a luta continua. Dia 15 de junho teremos nova consulta. Continuamos em busca de saúde! Qualidade de Vida, uma busca diária! Boas corridas!

pfc na balança

Giovana Leiner:

Categorias
Geral

PFC na Balança 12

Olá, amigos. Existem certos momentos, principalmente neste que estou, que dá vontade de largar tudo e sair comendo até a viga de sustentação do restaurante. Sentar em uma churrascaria e deixar o dono do estabelecimento chorando com o prejuízo dado. Passar longe do buffet a quilo, a não ser que tenha a opção livre!

Encontrar aquela deliciosa promoção de ovos de Páscoa que encalharam e levar três pagando o preço de um. Visitar aquela sonhada fábrica de cervejas artesanais e se empanturrar com litros de cerveja. Comer aquela pizza ou hambúrguer entupidos de queijo e bacon. Tentações gastronômicas batendo à porta e a vontade de jogar tudo para o alto.

Aí acordo desse maravilhoso sonho e volto à realidade. Sim, a realidade de treinos e alimentação saudável. E para quê? Engana-se quem acha que é apenas para melhorar no desempenho na corrida. É também, e principalmente, para ter uma vida com mais qualidade e saúde. E o que faço para escapar disso tudo? Nada. Apenas mantenho a moderação e assim vou concluindo as etapas desta luta que travo contra o meu peso. Estou conseguindo e quando a gente vê o resultado tem mais incentivo ainda para continuar. Boas corridas!

Giovana Leiner:

Categorias
Geral

PFC na Balança 11

Nunca foi segredo para ninguém o meu gosto por comida. Sempre foi um dos principais fatores que me fazem lutar até hoje com o ganho e perda de peso. Mas outro fator que muitos não conhecem é o fato que também gosto de cozinhar. Pois é amigos. A cozinha acaba sendo meu reduto dentro de casa. Não sou nenhum expert, mas até que acaba saindo um grude gostoso!

Brincadeiras à parte, esse gosto por cozinhar é recente e foi aprimorado logo após meu problema de saúde, quando senti a necessidade de eu mesmo preparar o meu alimento. Assim, saberia exatamente o que estava consumindo. Receitas foram sendo assistidas e assimiladas em muitos dos programas de televisão sobre culinária que temos disponíveis.

E o engraçado é que um dos primeiros que comecei a assistir foi o Larica Total, do ator Paulo Tiefenthaler, não exatamente pelas receitas, apesar de algumas delas serem incríveis, mas sim pela maneira que o programa se desenvolve e de como ele mostra que tudo que temos na cozinha pode virar algo saboroso. Mas é claro que não basta ser saboroso, tem de ser saudável e nutritivo. Sendo assim, outros programas acabaram suprindo essa necessidade e me ensinaram a preparar um bom prato. Pelo menos, minha esposa e filha não reclamam!

O fato de fazer dieta e ao mesmo tempo cozinhar se torna um momento prazeroso, pois a cada dia eu acabo reinventando algo para me auxiliar nesse processo todo. Uma boa alimentação é a base para uma boa dieta e principalmente um bom resultado nos treinos! E você? Também gosta de cozinhar? Tem alguma dica? Compartilhe conosco. Boas Corridas!

Abaixo, deixarei a lista de alguns que talvez possam interessar a você:

http://canalbrasil.globo.com/programas/larica-total/

http://gnt.globo.com/programas/cozinha-pratica/

http://gnt.globo.com/programas/tempero-de-familia/

http://gnt.globo.com/programas/a-cozinha-caseira-de-annabel/

http://gnt.globo.com/programas/jamie-oliver/

Giovana Leiner:

Categorias
Geral

PFC na Balança 10

Mais um mês e o tão esperado dia da consulta chegou! E um dia após a Páscoa. Vamos diretamente para os números comparativos:

Os números não mentem. O mês não foi o que eu esperava. O volume de treinos foi alto, mas o ponteiro da balança não baixou. Apesar de ter reduzido muito algumas medidas (a sensação está nas roupas usuais) o ganho de gordura acabou me surpreendendo.

Continuei perdendo massa magra e obtive um ganho de 0,300 kg de gordura, que acabou influenciando no total de percentual de gordura. Novas metas traçadas e novas orientações me foram passadas. Nisso tudo fico apenas com o alento de ter mantido meu peso, mesmo com a Páscoa antecedendo à consulta nutricional.

Dia 4 de maio teremos nova consulta e a luta é para que os números tenham uma representatividade mais significativa. Continuamos em busca de saúde! Qualidade de Vida, uma busca diária! Boas Corridas!

Giovana Leiner:

Categorias
Geral

PFC na Balança 09

Olá, amigos. Chegamos a uma época “amada” pelas pessoas que estão de dieta! Mais uma data que ninguém lembra que você está se esforçando e está se dedicando para buscar uma coisa somente sua. Páscoa é uma perdição no mundo de chocolates e pratos nos almoços familiares.

Eu me considero um viciado em chocolate e ainda com uma criança pequena em casa a situação torna-se um pouco mais complicada. Vemos variedades imensas de ovos e chocolates de todos os tipos, uma verdadeira tentação. Às vezes, penso: MEU DEUS! Não vou aguentar, quero comer tudo, não quero mais dieta, quero açúcar, quero insulina nas veias, quero ficar doidão de chocolate e de comida!!!!

Infelizmente, um deslize como esse tem um preço e esse preço é extremamente amargo (mais amargo que chocolate 85% cacau). A solução que tive para frear todo esse ímpeto e essa vontade de comer foi marcar o meu retorno na nutricionista para a próxima segunda-feira (28/03). Neste dia veremos a verdade nua e crua. Sem enganação e sem mascarar a realidade.

Fico na expectativa de que tenha conseguido eliminar um pouco mais de gordura do que de massa magra e também ver que o ponteiro da balança tenha descido um pouco mais. Portanto, amigos, na próxima coluna trarei a vocês números, pois são os números que importam e nos mostram o caminho correto. Enquanto isso, vamos correndo do chocolate e da vontade de enfiar o pé na jaca. Boas corridas!

Giovana Leiner:

Categorias
Geral

PFC na Balança 08

Olá, amigos. Hoje vamos falar um pouco sobre suplementação. “Os suplementos alimentares são preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos, que podem estar faltando ou não podem ser consumida em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa. Os suplementos alimentares para fisiculturismo são usados por praticantes de atividade física, mais comum em praticantes de musculação, proporciona nutrientes essenciais como proteínas, carboidratos, aminoácidos, vitaminas e etc.

Muitas pessoas em fase de adaptação com treinos e alimentação, sejam para ganho de peso, perda de peso, desempenho, entre outros motivos, tem o costume de se usar por conta. Não tenho dúvidas de que o suplemento campeão é o tão falado e usado Whey Protein. Mas será que você realmente precisa suplementar?

Será que uma alimentação balanceada não vai lhe suprir com os nutrientes e vitaminas necessários? Será que posso realmente pegar aquela dica inocente de um amigo que toma suplemento? Ou do lojista que foi gente boa e me deu um baita desconto naquele suplemento importado?

Acredito que o uso indiscriminado e sem controle neste mercado de suplementos pode causar mais mal do que bem às pessoas que consomem. Isso é bastante preocupante para médicos e nutricionistas, que são os profissionais capacitados para receitar o uso ou não de uma substância. O Brasil hoje possui mais de 2.500 lojas especializadas em suplementos nutricionais. Portanto, é um dos mercados que mais cresce em território nacional.

Hoje em minha dieta e reeducação, tenho indicado e prescrito pela profissional que me acompanha uma suplementação restrita, mas devidamente orientada. O motivo de trazer isso a vocês é que devemos estar atentos a tudo que consumimos, a tudo que ingerimos, pois isso pode trazer sérios problemas à saúde. Trate suplemento como medicamento controlado, ou seja, somente com indicação médica ou nutricional. Boas corridas!

Giovana Leiner: